Chico Ferreira: PSB rompe com governo Temer e defende renúncia

Pesquisar este blog


.

sábado, 20 de maio de 2017

PSB rompe com governo Temer e defende renúncia


Anúncio foi feito neste sábado pelo presidente e pelo secretário-geral do partido. Segundo eles, PSB fechou questão para apoiar a PEC que prevê eleições diretas.

Por Fernanda Calgaro, G1, Brasília

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, e o secretário-geral do partido, José Renato Casagrande, informaram neste sábado (20) que a legenda decidiu fazer oposição ao governo e passará a defender a renúncia do presidente Michel Temer.
Atualmente, a legenda comanda o Ministério de Minas e Energia. Siqueira e Casagrande deram a informação à imprensa após reunião da Executiva Nacional do partido, em Brasília.
Segundo o presidente e o secretário-geral da legenda, o PSB também passará a defender a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para a realização de eleições diretas no caso de vacância do cargo de presidente da República.
A decisão do PSB é anunciada em meio à maior crise política enfrentada por Temer desde que ele assumiu a Presidência da República, causada pelas delações dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, e de Ricardo Saud, diretor da J&F.