Chico Ferreira

Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 21 de janeiro de 2017

Agnaldo Meira participa de discussão sobre reivindicações coletivas dos trabalhadores rurais e assalariados da hortifruticultura





O vereador Agnaldo Meira (PC do B), participou, nesta quinta-feira (19), em Petrolina, da mesa de Negociação Coletiva dos Trabalhadores Rurais do Vale do São Francisco, que teve início no dia 10 de janeiro. A negociação realizada entre empresas da região buscou apresentar e discutir a pauta coletiva de reivindicações, construída em novembro de 2016, e aprovada em dezembro, durante assembleia.

A mesa de negociação contou com a participação dos sindicatos das cidades de Juazeiro, Abaré, Sento Sé, Sobradinho, Curaçá, Petrolina, Lagoa Grande, Santa Maria da Boa Vista, Belém do São Francisco e do sindicato da cidade de Inajá. Entre as principais propostas a serem negociadas estão a unificação do salário, abono de declaração médica, concessão de cestas básicas, entre outros direitos.

 De acordo com o diretor de Assalariados do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro (STRJ), José Manuel dos Santos, nos últimos dias de discussão, os trabalhadores conseguiram alguns avanços, como a proibição do uso de botas de PVC no campo, com exceção dos trabalhadores que atuam na aplicação de agrotóxico ou qualquer outra atividade onde possam ter contato direto com água. Devido ao clima quente, as botas de PVC têm prejudicado a saúde dos trabalhadores e a melhor alternativa, segundo José Manuel, seria o uso de botas de couro.

Por outro lado, outros pontos de reinvindicações ainda não foram atendidos e estão na pauta para a discussão, como é o caso da unificação dos salários e os horários “in itinere”, que diz respeito ao trajeto do empregado quando se desloca de sua residência para o trabalho e vice-versa. “ A pauta do patronato apresenta muitos retrocessos, a exemplo dos os horários “in itinere” que é remunerado como jornada de trabalho. O que o patronato está propondo é a retirada dessa obrigação das empresas e isso está dificultando os avanços na mesa”, afirmou José Manuel. 

“ A classe patronal quer trazer para a convenção um artigo que pode prejudicar os trabalhadores   e o grande impasse hoje está sendo isso, a questão das horas “in itinere” contra o aumento dos salários”, explicou Antônio Inácio Ribeiro, secretário de Assalariados da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado da Bahia (FETAG-BA).

Segundo Agnaldo Meira, ao longo dos anos os trabalhadores conseguiram conquistas históricas como o acesso a transportes seguros e gratuitos, água potável e gelada no local de trabalho, proibição de trabalho após a ocorrência de chuvas, valorização do piso salarial da categoria. “Os trabalhadores não podem perder direitos conquistados e sim lutar pela manutenção e conquista de novos ganhos”, pontuou.
A mesa de Negociação Coletiva dos Trabalhadores Rurais do Vale do São Francisco também contou com a participação da FETAG-BA; da Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Estado de Pernambuco (FETAPE); da Federação dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Assalariados Rurais do Estado de Pernambuco (FETAEPE); da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG); da Confederação Nacional dos Trabalhadores Assalariados e Assalariadas Rurais (CONTAR); da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB); e da Central Única dos Trabalhadores (CUT).

VEREADOR AGNALDO MEIRA JUNTAMENTE COM OS MORADORES DO PROGRAMA NACIONAL DE HABITAÇÃO RURAL

FORAM  CONSTRUÍDAS  24  MORADIAS

IMPLANTER COM OS MELHORES PROFISSIONAIS EM ODONTOLOGIA DA REGIÃO

r

Oposição rejeita Alexandre de Moraes como candidato à vaga de Teori no STF


Oposição rejeita Alexandre de Moraes como candidato à vaga de Teori no STF


Parlamentares da oposição rejeitaram nesta sexta-feira (20) o nome do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, como candidato à vaga deixada pelo ministro Teori Zavascki (veja aqui) no Supremo Tribunal Federal (STF). "Não tem a menor condição. Apesar de muito estudo, é uma pessoa em descompasso com a democracia", afirmou o líder do PT na Câmara, deputado Carlos Zarattini (SP). O líder do PCdoB, Daniel Almeida (BA), também rechaçou a especulação em torno do nome do ministro da Justiça. "Até aqui, ele (Moraes) se revelou um trapalhão, um incompetente. A indicação seria um desastre", avaliou. Os oposicionistas sabem que a escolha do novo ministro pelo presidente Michel Temer terá também um caráter político, mas lembram que, em se tratando de um ministro que julgará as questões envolvendo a Operação Lava Jato, haverá um peso político maior do que o normal. Excluídos pela primeira vez nos últimos 14 anos do processo de escolha de um ministro do STF, deputados do PT e do PCdoB apostam que Temer receberá grande influência do PMDB e indicará alguém com o perfil do ex-ministro Nelson Jobim. "Vão procurar alguém próximo do PMDB", prevê o deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA). Zarattini criticou o abuso de prisões preventivas na Lava Jato e as pressões para que os presos façam delação premiada. Para ele, um perfil parecido com Jobim seria elogiável porque ele costumava respeitar as garantias individuais dos acusados. "Se fosse na linha do Nelson Jobim seria excelente", disse. Como revelou o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, a bancada do PR na Câmara está articulando o apoio à indicação do juiz federal Sérgio Moro. Mesmo com os impeditivos legais, o líder da bancada paranaense, deputado Toninho Wandscheer (PROS-PR), afirmou que fará a coleta de assinatura entre os 30 deputados da bancada em apoio a Moro. "Como colocamos o (Edson) Fachin no STF, então seria um orgulho ter o Sérgio Moro lá", pregou. Wandscheer afirmou que Moro não sóé habilitado para a vaga, como pode influenciar decisões por seu conhecimento sobre as investigações da Operação Lava Jato, ainda que não possa julgar todo o processo como ministro. "O Brasil não vai viver só de Lava Jato", declarou. Para o deputado, a promoção de Moro abriria espaço para outros juízes paranaenses assumirem a condução da investigação sobre o maior esquema de corrupção no país.

Rui anuncia reforma administrativa com Wagner na SDE e Fernando Torres na Sedur



Rui anuncia reforma administrativa com Wagner na SDE e Fernando Torres na Sedur


O governador Rui Costa (PT) publicou na noite desta sexta-feira (20) os novos secretários que passam a fazer parte do primeiro escalão do governo da Bahia. Algumas mudanças já haviam sido antecipadas pelo Bahia Notícias, a exemplo da indicação do ex-governador Jaques Wagner para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) (veja aqui), a troca de comando na Secretaria de Política para Mulheres (SPM), que passa a ser conduzida por Julieta Palmeira, enquanto a então titular Olívia Santana foi deslocada para a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) (veja aqui). As novas peças incluem ainda o deputado federal Fernando Torres (PSD), que passa a conduzir a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), e Vivaldo Mendonça na de Ciência, Tecnologia e Inovação. "Estou saindo agora da Governadoria porque fiz questão de conversar pessoalmente com cada um, falando olho no olho, antes de anunciar as mudanças no secretariado. Não podia deixar de agradecer a todos. Montamos um time vitorioso, mas às vezes as trocas são necessárias, pois servem como instrumento de motivação", publicou Rui nas redes sociais. A publicação inclui ainda a ida de Jorge Hereda, então titular da SDE, para a BahiaInvest, e a nomeação de Abal Magalhães para a presidência da Conder. "Vamos continuar trabalhando duro, dia a dia, visando cumprir com os compromissos que assumimos com a Bahia. Avançamos muito nestes primeiros dois anos e vamos avançar ainda mais até 2018", conclui o governador. Não foram indicados os destinos dos agora ex-secretários Álvaro Gomes (Setre), Carlos Martins (Sedur) e Manoel Mendonça (Secti). Segundo informações de bastidores, Martins seria encaminhado para a Secretaria de Meio Ambiente (Sema), para o lugar de Eugênio Spengler, que teria pedido demissão. Na publicação de Rui, todavia, não há menção a essa mudança.

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

CARRO DO EX-PREFEITO DE CASA NOVA WILSON COTA ACABA DE ALVEJADO POR BANDIDOS NA ESTRADA DO ALGODÃO EM CASA NOVA







Donald Trump toma posse como 45º presidente dos Estados Unidos


Donald Trump toma posse como 45º presidente dos Estados Unidos


O bilionário Donald Trump tomou posse nesta sexta-feira (20) como o 45º presidente dos Estados Unidos. Homem mais velho a assumir o cargo, aos 70 anos, o empresário fez um discurso cheio de críticas à classe política. Trump prestou juramento diante do Capitólio – espécie de Congresso do país –, onde falou para cerca de 1 milhão de pessoas. O seu antecessor, Barack Obama, e a ex-primeira dama, Michelle, também participaram da cerimônia. Em seu discurso, o empresário garantiu que “o povo vai governar esta nação novamente”. "Juntos, vamos determinar o curso da América e do mundo por muitos, muitos anos que virão", afirmou. Entre as promessas feitas, estão “erradicar o terrorismo radical islâmico da face da Terra”, investir em infraestrutura e gerar empregos. O discurso foi transmitido ao vivo para todo o mundo. Poucos minutos antes da posse, ativistas contrários a Trump destruíram carros e quebraram vidraças em ruas de Washington. O grupo levava bandeiras pretas com frases como: "Junte-se à resistência. Lute agora". Testemunhas afirmam que alguns dos manifestantes foram presos.

Juazeiro: Ex-prefeito é condenado a perder direitos políticos por três anos


Juazeiro: Ex-prefeito é condenado a perder direitos políticos por três anos


O ex-prefeito de Juazeiro, Isaac Carvalho (PCdoB), terá os direitos políticos suspensos. O ex-diregente da cidade foi condenado pela Justiça, conforme processo publicado nesta sexta-feira (20) no Diário Oficial. A decisão proibiu ainda, o político de estabelecer relações de contratação com o Poder Público, receber benefícios, incentivos fiscais ou créditos, de forma direta ou indireta, mesma que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos. De acordo com o Ação Popular, o processo expedida pelo Juiz de Direito José Goes da Silva alega que o ex-gestor cometeu ilegalidades com recursos públicos. Conforme os dados levantados, durante 2010, o prefeito remanejou ilegalmente recursos orçamentários, mediante emissão de decretos de abertura ilícita de créditos adicionais suplementares, como também, realizou contratações de funcionários ilegalmente. Isaac Carvalho governou por dois mandatos consecutivos o município da região norte da Bahia. A denúncia apresentada pelo Ministério Público do Estado da Bahia ainda cabe recurso. Veja a cópia da decisão judicial.

AGU vai recorrer de decisão que impede Maia de concorrer à presidência da Câmara


AGU vai recorrer de decisão que impede Maia de concorrer à presidência da Câmara


A Advocacia Geral da União (AGU) vai recorrer de uma decisão da Justiça Federal de primeiro grau de Brasília que impede o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de concorrer à reeleição (veja aqui). De acordo com o Blog do Camarotti, a AGU entrou na ação porque, além do deputado do DEM, a União é citada. Entretanto, a expectativa é de que a decisão liminar do juiz federal substituto Eduardo Ribeiro de Oliveira, da 15ª Vara Federal de Brasília, seja revertida com recursos junto ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

Teori morreu vítima de politraumatismo, aponta laudo do IML


Teori morreu vítima de politraumatismo, aponta laudo do IML


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavaski, foi vítima de politraumatismo, apontou laudo do Instituto Médico Legal de Angra dos Reis (RJ). O ministro morreu nesta quinta-feira (19), após o avião em que estava cair próximo a Paraty (veja aqui). O laudo divulgado nesta sexta (20) mostra que Teori não morreu por afogamento, como se suspeitava, mas por causa de diversas lesões sofridas no impacto. O corpo deve ser liberado ainda nesta sexta e seguirá para Porto Alegre, onde ocorrerá o velório, a pedido da família. A cerimônia está marcada para  as 11h deste sábado (21), no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

Policial militar reage a assalto, mata bandido e fere outro em Petrolina, PE


Corpo permanece sem identificação no Instituto de Medicina Legal de Petrolina (Foto: Taisa Alencar / G1)


Um Policial Militar (PM) a paisana reagiu a um assalto e matou um bandido, na noite desta quinta-feira (19), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. A tentativa de assalto ocorreu na Rua Canafístula, no  bairro Areia Branca, Zona Leste da cidade. Um outro criminoso ficou ferido e até o momento não há informações sobre o estado de saúde.
O policial militar que estava de folga foi abordado por dois homens que anunciaram o assalto. O PM reagiu atirando nos criminosos. Um dos bandidos morreu no local e o outro ficou ferido. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), informou que foi acionado para atender a ocorrência, mas quando chegou ao local encontrou o homem já morto. O segundo envolvido foi levado em uma viatura da polícia para o Hospital Universitário (HU).
Por medidas de segurança, a direção da unidade hospitalar não passar informações sobre pacientes envolvidos neste tipo de ocorrência.
O corpo do assaltante foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML) e permanece sem identificação. A Polícia Militar informou que o policial agiu em legítima defesa e que se apresentou espontaneamente na delegacia. Informações da Taisa Alencar / G1 Petrolina.

Para 83%, morte de Zavascki não foi acidente


Paraty, no litoral sul do Rio

Do Radar - Para 83% dos brasileiros a morte do ministro do STF e relator da Lava-Jato Teori Zavascki não foi acidente. Apenas 15% acreditam em fatalidade, enquanto 1,3% não soube ou não quis responder.
A pesquisa foi realizada a partir de questionário online entre os dias 19 e 20 de janeiro de 2017 pelo Instituto Paraná Pesquisa.

Juiz proibi Maia de disputar reeleição na Câmara




Mulher é presa em Juazeiro acusada de tráfico



Por volta das 20h desta quinta-feira (19) uma guarnição da RONDESP Norte esteve fazendo patrulhamento no bairro CODEVASF, em Juazeiro, quando avistou um homem que andava pela rua do Estudante em atitude suspeita, sendo que em frente a residência nº 121, o suspeito adentrou na área da casa, motivo pelo qual a guarnição o seguiu porém não o avistou mais.
Na parte interna do terreno o efetivo visualizou uma mulher que se encontrava na porta da casa. O suspeito evadiu-se saltando uma cerca, sendo que a mulher saiu correndo em direção aos fundos da casa. Ela foi alcançada e detida. Após buscas a guarnição encontrou uma sacola plástica que estava na parte frontal do imóvel (próximo ao local onde a mulher estava), contendo 49 “petecas” de cocaína. “Joseneide” informou aos policiais que havia corrido porque ficou com medo quando viu o suspeito e os policiais correndo em sua direção.
Ela informou aos policiais que conhece o fugitivo, sendo ele a pessoa de prenome “Marcelo”, que os dois combinavam encontros íntimos. Quanto à droga ela disse não lhe pertencer. A mulher foi identificada como Joseneide da Silva, 33 anos, residente na rua do Estudante, nº 121, Bairro Codevasf, Juazeiro-BA.
A suspeita foi detida e encaminhada à delegacia juntamente com a droga apreendida.

Velório de Teori será na sede do TRF em Porto Alegre, anuncia filho de ministro


Velório de Teori será na sede do TRF em Porto Alegre, anuncia filho de ministro

O velório do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki será na sede do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. O ministro atuou como desembargador da Corte. "A data e horário dependem da liberação do corpo, mas será no Tribunal Regional Federal, que é, na verdade o prédio que ele inaugurou, construiu a carreira e tenho certeza que se tivesse que escolher é onde ele se sentiria em casa", anunciou o filho do ministro, o advogado Francisco Prehn Zavascki. Teori se preparava para homologar as delações dos 77 executivos da Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato, e planejava concluir a etapa no início de fevereiro. "Ele tinha uma preocupação muito grande com o trabalho, colocou que estava preocupado com 2017 e que este ano ia ser pior que 2016",

Ex-técnico Carlos Alberto Silva morre aos 77 anos


001 (1)

O ex-técnico Carlos Alberto Silva, campeão brasileiro de 1978 com o Guarani, de Campinas, faleceu na madrugada desta sexta-feira, em Belo Horizonte, aos 77 anos. Segundo o G1, Eduardo, sobrinho de Carlos Alberto Silva, disse que há cerca de um mês, o ex-técnico da seleção brasileira passou por uma cirurgia no coração e vinha se recuperando bem. A causa da morte ainda não foi divulgada.
O velório e o sepultamento do ex-treinador, que era natural de Bom Jardim de Minas, ainda não têm horário e locais definidos, mas serão em Belo Horizonte. Depois do sucesso no Guarani, Silva treinou vários clubes do Brasil, como Atlético-MG, Cruzeiro, São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos e América-MG. No exterior, destacou-se no Porto, onde foi bicampeão português, em 1992 e 1993. Também foi campeão japonês no Yomiuri Kawasaki. Carlos Alberto Silva também foi treinador da seleção brasileira, conquistando a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, além de medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1987, em Indianápolis, nos Estados Unidos.
Após encerrar a carreira de treinador em 2005, Carlos Alberto Silva assumiu o posto de diretor de futebol do Atlético-MG, no mesmo ano. Em 2014, ele foi vice-presidente de futebol do Villa Nova-MG, seu último trabalho no futebol.

'Seria muito ruim para o país ter um ministro assassinado', diz filho de Zavascki


'Seria muito ruim para o país ter um ministro assassinado', diz filho de Zavascki


Filho do ministro Teori Zavascki, o advogado Francisco Prehn Zavascki espera que seja feita uma investigação sobre as causas da morte do pai. Diante das teorias que insinuam assassinato, Francisco afirma que nenhuma hipótese foi descartada. "É preciso investigar a fundo e saber se foi acidente ou não, que a verdade venha à tona seja ela qual for", afirmou o advogado à Rádio Estadão. Ele declarou que sua família está em contato com colegas próximos, a fim de acompanhar os desdobramentos das investigações anunciadas pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Polícia Federal (PF) (veja aqui). "Ainda não parei para pensar, não deu tempo para pensar com mais calma nisso, mas não podemos descartar qualquer possibilidade. No meu íntimo, eu torço para que tenha sido um acidente, seria muito ruim para o país ter um ministro do Supremo assassinado", pontuou, acrescentando que o pai já havia recebido ameaças de grupos contrários às investigações da Lava Jato. Zavascki era o relator dos processos no STF e homologaria as delações em fevereiro. "Seria infantil dizer que não há movimento contrário, agora a questão é o que o movimento seria capaz de fazer", pontuou. Em maio do ano passado, o advogado chegou a sugerir, através de uma postagem no Facebook, que algo poderia acontecer contra sua família (veja aqui). O corpo do ministro já foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) e será velado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. A Data e o horário ainda não foram definidos pela família.

NOTA OFICIAL - DEPUTADA LUIZA MAIA





“O Brasil, a Justiça brasileira e todos que acreditam no combate sério à corrupção perderam um grande homem. A notícia da trágica morte do ministro do STF e relator da Lava Jato, Teori Zavascki, me consternou. É um triste dia para a nação. Lamento profundamente este fato e presto meu sentimento de pesar e respeito aos familiares e amigos. É preciso, apesar da comoção, que se faça uma minuciosa investigação sobre as causas do acidente aéreo que vitimou o ministro. Por infeliz ‘coincidência’, esta semana ele interrompeu as férias para analisar a delação da Odebrecht, a qual cita nomes ligados ao Golpe que levou Temer ao poder”.

Jovem é morto a tiros em sítio na zona rural de Curaçá



 O efetivo de serviço dá 45° CIPM com sede em Curaçá registou um crime violento na cidade. De acordo informações, um jovem identificado como Matuzalém Taratá Almeida, 18 anos, morto no interior do Sítio União. Os assassinos fugiram tomando destino ignorado.

Os familiares retiraram o corpo do local do crime e o colocaram dentro de uma residência no sítio prejudicando assim a colheita de provas. O DHPP foi acionado prepostos do IML deslocaram e removeram o cadáver que estava dentro da residência para o setor de necrópsias. (Fonte: Jornal Ação Popular)

Desconfiada com o mundo dos escândalos e das espertezas reinante no País, a sociedade brasileira está atônita com o desastre aéreo que tirou a vida do relator da Lala Jato, ministro Teori Zavascki


A imagem pode conter: atividades ao ar livre

Desconfiada com o mundo dos escândalos e das espertezas reinante no País, a sociedade brasileira está atônita com o desastre aéreo que tirou a vida do relator da Lala Jato, ministro Teori Zavascki. E exige apuração rigorosa sobre as causas da queda do avião. Felizmente, o Ministério Público Federal de Angra dos Reis abriu, ontem mesmo, inquérito para investigar. A investigação foi aberta pela procuradora da República Cristina Nascimento de Melo, que terá uma enorme responsabilidade pela frente.
A Polícia Federal também vai trabalhar, paralelamente, em cima do caso. O inquérito está sob a responsabilidade do delegado chefe da PF em Angra, Adriano Antonio Soares. O policial aguardava, ainda ontem, a chegada em Angra de um grupo da PF de Brasília, especializado em acidentes aéreos.
Um suporte da polícia marítima também será recebido, a partir de hoje. As condições meteorológicas atrapalharam a navegação no local do acidente. O presidente da Transparência Internacional, José Carlos Ugaz, postou no Twitter que a entidade demanda "imediata investigação" do acidente que matou Zavascki. Em um post no Facebook, o delegado da Polícia Federal Márcio Anselmo também comentou a morte do ministro. Anselmo atua na força-tarefa da PF, que investiga os crimes descobertos na Lava Jato.
No texto, ele citou a iminência da homologação das delações dos executivos da Odebrecht. "Sem palavras para expressar o que estou sentindo. O ministro Teori lavou a alma do STF à frente da LJ, surpreendeu a todos pelo extremo zelo com que suportou todo esse período conturbado. Agora, na véspera da homologação da colaboração premiada da Odebrecht, esse "acidente" deve ser investigado a fundo. Sinceramente, se essa notícia se confirmar, e o prenúncio do fim de uma era!", disse.
Logo após a postagem viralizar nas redes sociais, o delegado modificou o texto e deixou publicada apenas a primeira frase. Ele não explicou o motivo para ter alterado a versão. Embora o poder Judiciário estivesse em recesso, o ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki vinha despachando normalmente desde o início deste mês e estava prestes a homologar as delações premiadas de ex-executivos da Odebrecht no âmbito da Operação Lava Jato.

Cantora foi queimada viva e assassinos cantaram ‘Chorando se foi’, diz delegado


Cantora foi queimada viva e assassinos cantaram ‘Chorando se foi’, diz delegado


A cantora Loalwa Braz, de 64 anos, foi queimada viva dentro do próprio carro, informou nesta quinta-feira (19) o delegado responsável pelo caso, Leonardo Macharet. De acordo com o investigador, os dois suspeitos presos – identificados como Wallace, de 23 anos, e Gabriel, de 21 – não demonstraram arrependimento com o crime e chegaram a debochar da situação. "Eles entraram na pousada, bateram nela com um pedaço de madeira, que já foi localizado. Também apreendemos uma faca e a camisa de um dos elementos com sangue. Ela estava gritando muito, eles resolveram levá-la para o carro. Um deles iria sair com ela do local, mas parece que o carro morreu e eles atearam fogo nela. Ela estava viva no momento que a queimaram. Foi queimada viva. Essa foi a parte mais cruel", contou Macharet. "Os presos não demonstram arrependimento e ainda brincaram com a música sucesso dela ('Chorando se foi'). Demonstraram total certeza do que faziam e nenhum arrependimento. É um crime bárbaro, bastante violento, e foge até da normalidade de Saquarema. Vamos trabalhar para prender o terceiro elemento ainda. Não temos o nome, apenas a descrição", completou. Loalwa era vocalista do grupo Kaoma, que ficou famoso nos anos 1980 com a música de lambada. Ela foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro em Saquarema, no Rio de Janeiro, a cerca de 800 metros de sua pousada, que também foi parcialmente incendiada pelos criminosos (veja aqui). Wallace trabalhava na pousada há 15 dias como caseiro. A polícia já identificou que os dois, com a ajuda de um terceiro suspeito, teriam levado R$ 15 mil em pertences como louças, itens pessoais e até um disco de ouro que o grupo Kaoma ganhou.  "Quando a ocorrência chegou para a Polícia Militar, o suspeito (Wallace) se apresentou como vítima, como se também tivesse sofrido o roubo, como se fosse vítima e não autor. Começamos a suspeitar porque ele aparentou estar nervoso e depois ele acabou confessando", disse o delegado. Os presos foram levados para o Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Corpos de Teori e de outras duas vítimas são resgatados durante a madrugada


Corpos de Teori e de outras duas vítimas são resgatados durante a madrugada


Os corpos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki e de outras duas pessoas foram resgatados durante a madrugada desta sexta-feira (20) por uma equipe dos bombeiros. As vítimas resgatadas foram o empresário Carlos Alberto Fernandes Filgueiras, fundador do Grupo Emiliano e amigo do ministro, e uma mulher ainda não identificada. Todos foram levados para o Instituto Médico Legal de Angra dos Reis, de acordo com O Globo. O trabalho de resgate foi encerrado à 1h45 e retomado às 5h30, para retirada dos corpos do piloto da aeronave, Osmar Rodrigues, e de outra mulher não identificada. Três mergulhadores do Quartel da Barra da Tijuca do Corpo de Bombeiros participaram do resgate. O avião bimotor de prefixo PR-SOM decolou com Teori e mais quatro pessoas do aeroporto Campo Marte, em São Paulo, nesta quinta-feira (14), com destino a Paraty, por volta das 13h. Antes das 14h, a aeronave caiu no mar próximo à Ilha Rasa. 

Ministro defende que STF decida sucessor de Zavascki na Lava Jato imediatamente


Ministro defende que STF decida sucessor de Zavascki na Lava Jato imediatamente


Para o ministro Marco Aurélio Mello não deve haver momento de luto antes de definir a situação com os processos da Lava Jato. O magistrado do Supremo Tribunal Federal defende que os processos da operação sejam redistribuídos imediatamente. Isso porque Mello acredita que a situação não pode esperar a nomeação de um novo ministro para ocupar a vaga de Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo na tarde desta quinta-feira (19). "A regra revela que os processos aguardam a indicação do sucessor. Mas há precedentes que exigem a redistribuição imediata da relatoria de inquéritos e ações penais", disse o ministro à Folha de S. Paulo. "Não podemos aguardar que o presidente da República indique um novo ministro, que ainda teria que ser sabatinado e aprovado pelo Senado. Já tivemos nomeações que demoraram quase um ano", completou Mello, acrescentando que o substituto deve ser escolhido entre os ministros que integram a 2ª Turma do Supremo, a qual Zavascki fazia parte. Esses ministros são Gilmar Mendes, Celso de Mello, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli. Nesse caso, de acordo com Mello, a decisão caberá à presidente do Supremo, ministra Cármen Lúcia. "Se eu fosse presidente, esta seria a deliberação", ressaltou. Na oportunidade, o ministro lamentou também a morte do colega, que deixa três filhos. Zavascki morreu com XX anos. "Ele preservava o bom humor e atuava com desassombro. Para ele, processo não tinha capa, tinha conteúdo", elogiou.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

O sucessor de Teori pode ser Celso de Mello

A imagem pode conter: 1 pessoa, terno



No que depender de Cármen Lúcia, o ministro Celso de Mello será o novo relator da Lava-Jato no STF. A lógica diz que a escolha ficará na 2ª turma, formada por Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e, é claro, Mello.
Mello é o ministro mais antigo do Supremo e o que sofre menos rejeição, visto a relação conflituosa de Mendes com Lewandowski e o relativo pouco tempo de corte de Toffoli.
Por isso, Mello aparece como o “porto seguro” de Cármen, que quer jogar em uma alternativa segura. “Ela é mineira no que faz”, disse um interlocutor.
De acordo com o regimento interno da Corte, a presidente pode redistribuir o processo para um novo ministro em caráter excepcional “diante de risco grave de perecimento de direito ou na hipótese de prescrição”. A Lava-Jato, obviamente, é um caso extraordinário e não vai ficar parada.

Equipe suspende buscas e vítimas de queda de avião continuam submersas em Paraty


Equipe suspende buscas e vítimas de queda de avião continuam submersas em Paraty


Os corpos de três das cinco vítimas do avião que caiu no litoral de Paraty (RJ), nesta quinta-feira (19), continuam submersos e presos nos escombros da aeronave (leia mais aqui). Até o momento, foram confirmadas a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavaski, do dono do Grupo Emiliano, o empresário Carlos Alberto, e do piloto Osmar Rodrigues. Outras duas pessoas morreram e uma delas está desaparecida, mas não há informação sobre as suas identidades. Ao menos uma delas sobreviveu à queda, mas não resistiu e morreu horas depois. De acordo com o Jornal Nacional, as buscas na região foram suspensas e só serão retomadas depois da chegada de peritos enviados de Brasília. A retirada dos corpos só deve ocorrer após a chegada da equipe, que vai investigar as causas do acidente. A previsão é de que as vítimas sejam levadas para a Praia do Pontal e depois encaminhadas para outro local, ainda não definido. A presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, conversou com os filhos de Zavaski, que pediram que o corpo seja encaminhado para Porto Alegre, onde deve ocorrer o velório. 

Renan: Rogo pelo rápido esclarecimento das causas do acidente de Teori


Renan: Rogo pelo rápido esclarecimento das causas do acidente de Teori


O presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou que "roga" pelo esclarecimento do acidente que levou à morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki. "Em nome do Congresso Nacional, manifesto minhas condolências à família e rogo pelo rápido esclarecimento das causas desse trágico acidente", afirmou Renan em nota de pesar. Teori morreu em um acidente aéreo na tarde desta quinta-feira, 19, em Paraty, no Rio de Janeiro. O ministro era o relator no Supremo da Operação Lava Jato. Renan enalteceu o trabalho de Teori e afirmou que o ministro se destacava pela "pela seriedade, brilhantismo e tranquilidade na defesa do Poder Judiciário e de todas as instituições brasileiras". A substituição do ministro Teori Zavascki precisa, necessariamente, ser aprovada pelo Senado Federal. Após indicação do presidente Michel Temer, o nome do novo ministro será avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado.

SÉRGIO CABRAL TEM CRISES DE CHORO NA PRISÃO


Preso desde novembro de 2016, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral tem violentas crises de choro na prisão, segundo a revista Veja. O político é investigado pela Polícia Federal, suspeito de receber milhões em propina para fechar contratos públicos. O prejuízo é estimado em mais de R$ 220 milhões.

Cabral está detido no presídio em Bangu e conforme a revista os “soluços podem ser ouvidos por carcereiros que ficam a até 50 metros de distância”

Sérgio Moro no lugar de Teori?

A imagem pode conter: 1 pessoa


Com a morte do ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, um movimento nas redes sociais pede que o presidente Michel Temer indique o juiz federal Sérgio Moro para a cadeira deixada por Zavascki.
Moro é o coordenador da operação, em Curitiba. Odiado pelos políticos, por ser implacável no combate à corrupção, ele ganhou a simpatia da população e da opinião pública. No Congresso, deputados e senadores nem querem ouvir falar no nome do magistrado.

Operação da Polícia Federal prende cinco pastores evangélicos

A Delegacia de Polícia de Veranópolis, no Rio Grande do Sul, deflagrou na quarta-feira a Operação Deus Tá Vendo, em três Estados. De acordo com informações da Polícia Civil do RS, a ação prendeu cinco pastores evangélicos ligados a Assembleia de Deus em Itajaí (SC), Ponta Grossa (PR) e São Gonçalo (RJ), por fraude em venda de veículos. Sete aeronaves foram apreendidas na manhã desta quarta-feira pela Polícia Federal
Segundo o delegado Alvaro Luiz Pacheco Becker, da 2ª DP de Bento Gonçalves (RS), os presos atuavam em associação criminosa, vendendo os veículos por preços abaixo do valor de mercado. Eles alegavam que a Igreja havia recebido os automóveis por meio de uma doação da Receita Federal, por isso poderiam vendê-los por preços menores.
O valor aproximado do golpe gira em torno de R$ 1,2 milhão, tendo mais de 40 vítimas só na cidade de Veranópolis.

Morre Teori Zavascki




Confirmado pelo Corpo de Bombeiros: o ministro do Supremo Teori Zavascki faleceu vítima do acidente aéreo no Rio. Ele deve ser velado no STF e será enterrado em Santa Catarina.