Chico Ferreira

Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

PRESIDENTE DILMA TIRA FÉRIAS COM A FAMÍLIA NA BASE NAVAL DE ARATU NA BAHIA

 
A presidente Dilma Rousseff já está na Bahia para descansar do processo eleitoral que lhe garantiu mais quatro anos de mandato, A presidente vai ficar na Base Naval de Aratu até o próximo domingo, 2. Dilma desembarcou na Base Aérea de Salvador, por volta das 19h30 desta quarta-feira, 29, e seguiu de helicóptero para o balneário pertencente à Marinha do Brasil, na área do subúrbio. Dilma veio acompanhada da filha Paula Araújo; do neto Gabriel, de 4 anos; do genro Rafael Covolo; e da mãe, Dilma Jane. A presidente foi recebida, na Base Aérea, pelo governador Jaques Wagner (PT), nesta quinta, 30, o petista mais próximo da presidente e nome forte para compor o seu futuro ministério. 
Em 2010, quando se elegeu para o primeiro mandato de presidente, Dilma também veio descansar na Bahia - seu destino preferencial nos feriados de final de ano e de Carnaval. Naquela ocasião, ela foi para Itacaré, no sul do estado, onde ficou hospedada na fazenda do empresário paulista João Paiva, na Praia do Patizeiro. Embora não tenha nada agendado, é possível que Dilma tenha um encontro, ainda nesta quinta, com o governador Wagner, antes dele embarcar, no início da noite, para uma semana de descanso em Portugal e na Espanha. Os dois devem discutir as estratégias para pacificar e consolidar o diálogo com as forças políticas no Congresso e os diversos segmentos da sociedade.

Prefeitura de Sobradinho realizará caminhada em celebração ao Outubro Rosa, nesta sexta


 
A Prefeitura de Sobradinho, numa ação conjunta entre as secretarias municipais realizará amanhã, 31, caminhada do "Outubro Rosa"  para prevenção do câncer de mama. A caminhada sairá do Mercado Municipal às 8h, percorrerá as ruas da cidade até a o prédio da Prefeitura, onde acontecerá um ato público de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce deste tipo de câncer como forma de prevenção. Segundo tipo de câncer mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de  mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença  não é diagnosticada precocemente. O diagnóstico precoce através da mamografia e do auto-exame são imprescindíveis para a prevenção da doença. 
Durante a caminhada serão compartilhadas informações e também acontecerão manifestações artísticas, com o objetivo de chamar atenção da comunidade de que a tarefa de prevenir a doença deve ser dividida entre homens e mulheres. O Prefeito Luiz Vicente Berti convida toda comunidade de Sobradinho para participar deste ato de cidadania e preservação da vida.

DOIS ELEMENTOS NUMA MOTO MATAM MAIS UM NO BAIRRO CODEVASF EM JUAZEIRO


A Polícia Civil já iniciou as investigações, mas ainda não tem a identificação dos autores de mais um homicídio em Juazeiro. Na tarde desta quinta-feira (30), por volta das 17 e 30h, no bairro São Vicente, conhecida Codevasf, Paulo Sérgio da Silva, conhecido popularmente como “Gordo” trocou tiros com duas pessoas que estavam numa moto e após receber vários disparos de arma de fogo, acabou falecendo no interior do veículo fiat Strada, placa MMS-6763-Cajazeiras, onde estava de carona. O fato despertou a atenção de vários populares que informaram a reportagem que a vítima já tinha passagens pela delegacia de polícia. O motorista do veículo Weidson Conceição Santos estava com a vítima e o carro foi levado ao Complexo Policial para perícia.

PSDB pede ‘auditoria especial’ no resultado da eleição


Link permanente da imagem incorporada

Quatro dias após a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), o PSDB entrou nesta quinta-feira (30) no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com um pedido de 'auditoria especial' no resultado das eleições. A ação, assinada pelo coordenador Jurídico Nacional do PSDB, deputado Carlos Sampaio (SP), pede que seja autorizada a criação de uma comissão formada por técnicos indicados pelos partidos políticos para a fiscalização dos sistemas de todo o processo eleitoral. O PSDB justifica que, depois de anunciada a vitória da petista, surgiu, especialmente nas redes sociais, 'uma somatória de denúncias e desconfianças por parte da população brasileira'.
Sampaio afirmou que não se trata de recontagem dos votos, mas de uma medida para evitar que teorias de que houve fraude no processo continuem sendo alimentadas e colocando em xeque a postura adequada da Justiça Eleitoral.
DESCONFIANÇA
'Nas redes sociais os cidadãos brasileiros vêm expressando, de forma clara e objetiva, a descrença quanto à confiabilidade da apuração dos votos e a infalibilidade da urna eletrônica, baseando-se em denúncias das mais variadas ordens, que se multiplicaram após o encerramento do processo de votação, colocando em dúvida desde o processo de votação até a totalização do resultado', diz o texto.
 No documento, o tucano alega que a diferença de três horas entre o encerramento da votação no Acre e os demais Estados que seguem o horário de Brasília e a margem apertada de diferença  'são elementos que acabaram por fomentar, ainda mais, as desconfianças que imperam no seio da sociedade brasileira'.
A ação afirma que o intuito da auditoria é 'dissipar quaisquer dúvidas sobre a intervenção de terceiros na regularidade do processo de votação e apuração dos votos'.
PETIÇÃO A AÉCIO
O PSDB aponta ao TSE que as suspeitas ganharam tamanha dimensão que até uma petição virtual para se exigir uma conferência do resultado eleitoral já está disponível na internet com apoio de 60 mil assinaturas e que foi encaminhada ao senador Aécio Neves (PSDB), segundo colocado na disputa eleitoral.
'É justamente com o objetivo de não permitir que a credibilidade do processo eleitoral seja colocada em dúvida pelo cidadão brasileiro que nos dirigimos neste momento à presença de Vossas Excelências para, respeitosamente, requerer que permita a realização de um processo de auditoria nos sistemas de votação e de totalização dos votos, por uma comissão de especialistas formada a partir de representantes indicados pelos partidos políticos', afirma a ação.
TODO O PAIS
O PSDB requer a análise de cópia dos boletins de urna de todas as sessões eleitorais do país, documentos, impressos ou manuscritos gerados em todas as sessões eleitorais do país; cópia dos arquivos eletrônicos que compõem a memória de resultados obtidas a partir dos dados fornecidos por cada seção eleitoral; arquivos eletrônicos detalhados, originais e completos, correspondentes à transmissão e ao recebimento de todos os dados de apuração; entre outros. (Da Folha de S.Paulo)

ENFERMEIRAS MORREM EM GRAVE ACIDENTE DE CARRO EM PTROLINA




imagem1
imagem1


OCORREU UM ACIDENTE TIPO COLISÃO TRANSVERSAL NA BR 428, KM 162, AS 20:30 HORAS DE 29/10/2014, ENVOLVENDO UM CAMINHÃO VW 15.180 DE PLACA HWJ 6979 E UMA CAMINHONETE VW AMAROK DE PLACA PGR 1124. SEGUNDO O QUE FOI LEVANTADO NO LOCAL, O CAMINHÃO TERIA SIDO ALVEJADO POR DOIS DISPAROS DE ARMA DE FOGO UMA TENTATIVA DE ASSALTO. CONFORME INFORMAÇÕES DA PASSAGEIRA DO CAMINHÃO, OS ASSALTANTES OS SEGUIRAM  EFETUANDO DISPAROS, SENDO QUE O CONDUTOR DO CAMINHÃO NÃO TERIA PERCEBIDO QUE ENTRE SEU VEÍCULO E O VEÍCULO DOS ASSALTANTES SEGUIA OUTRO CARRO, UMA CAMINHONETE AMAROK, QUE AO TENTAR ULTRAPASSAR FOI FECHADO PELO CAMINHÃO, CAUSANDO A COLISÃO ENTRE AMBOS.

O CONDUTOR DO CAMINHÃO NÃO FOI IDENTIFICADO. A PASSAGEIRA FOI IDENTIFICADA COMO MARIA ROSA DE SOUZA, 49 ANOS, QUE NÃO SOFREU LESÕES.

O CONDUTOR DA AMAROK FOI IDENTIFICADO COMO JOSÉ ALVES TERTO, 63 ANOS, COM LESÕES GRAVES.

SEGUIAM AINDA NA AMAROK AS PASSAGEIRAS MARIA LIBERACIA FERREIRA DE SÁ PESSOA, 60 ANOS, QUE VEIO A ÓBITO NO LOCAL, E ELENITA ADELAIDE DA SILVA,  ERAM ENFERMEIRAS.

Ascom PRF Petrolina

SOBRADINHO: CÂMARA APROVA PROJETO DO EXECUTIVO QUE DESTINA MIL E QUINHENTOS REAIS MENSAIS PARA APAE



A  câmara  municipal  de  Sobradinho    aprovou  por  unanimidade  na  sessão  de  quinta-feira (30)  projeto  de  lei  do  executivo que  destina  mil  e  quinhentos  reais  mensais  para  a  instituição  Associação dos  Pais e  amigos  especiais (APAE),  que  tem  por  objetivos  cuidar  de  crianças  especiais.  Segundo  O  presidente  da  câmara   de  vereadores  de  Sobradinho  Gabriel  Lustosa, este projeto chegou  em  uma  boa  hora,  valeu  a  sensibilidade  do  prefeito Luiz  Vicente.

DEPUTADO RENUNCIA AO MANDATO


Deputado federal derrotado nas urnas renuncia ao mandato


Sem conseguir se reeleger, o deputado federal do PSD de Amazonas Carlos Souza resolveu renunciar ao seu mandato na Câmara nesta quarta-feira (29). A carta de saída foi lida em Plenário pelo deputado Inocêncio Oliveira (PR-PE), que presidia a sessão. “Sinto-me desmotivado para continuar no exercício do cargo, preferindo deixar o mandato consciente da minha atuação amplamente reconhecida”, disse. “Por compreender o recado das urnas, não me sentiria confortável em permanecer mais esses meses sem corresponder às expectativas em mim depositadas pelo povo amazonense, a quem agradeço de coração a confiança e o carinho”, lamentou Carlos Souza. O parlamentar estava no terceiro mandato na Casa. Quem assume seu mandato é Luiz Fernando Sarmento Nicolau, também do PSD. O suplente terá 30 dias para assumir o mandato, que se encerra no dia 31 de janeiro de 2015.

INFORMATIVO DA CÂMARA MUNICIPAL DE SOBRADINHO


A câmara municipal de Sobradinho se reúne nesta quinta-feira (30) a partir das 19h, projetos importantes serão discutidos e aprovados. Venha traga sua família convide seus amigos, venha ver de perto as ações dos nossos vereadores. A câmara municipal é a casa do povo.

ASSALTO UAUÁ: Câmera flagra momento em que bandidos fugiam do local do crime


Uma câmera localizada próximo a Agência do Banco do Brasil em Uauá flagrou o momento em que os assaltantes fugiam do local do crime. No carro, aparentemente teriam dois bandidos na parte exterior da pick-up e mais dois dentro, um dirigindo e outro no banco de passageiro, todos fortemente armados.
Observa-se também que há reféns em cima do veículo, quatro no total, três sem camisa (Fonte:  Blog  Geraldo  José)

Doleiro obrigado a devolver R$ 55 milhões






O doleiro Alberto Youssef deverá devolver aos cofres públicos R$ 55 milhões até o fim dos processos abertos contra ele a partir da Operação Lava-Jato, da Polícia Federal.
A devolução do dinheiro e dos bens obtidos de recursos ilícitos faz parte do acordo de delação premiada que o doleiro firmou em troca de redução substancial das penas de prisão a que poderia ser condenado por desvios de verbas da Petrobras e de outras áreas da administração pública.
Na quarta-feira, Youssef recebeu alta do hospital em Curitiba onde estava internado desde sábado e voltou para a prisão. Até o momento, réus que decidiram colaborar com as investigações da Lava-Jato já se comprometeram a devolver aproximadamente R$ 175 milhões.
O primeiro da fila da delação premiada, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que confessou participar de um esquema de corrupção que envolvia políticos de PT, PMDB e PP, deverá devolver mais de R$ 70 milhões.
Entre os valores a serem entregues por Costa estão US$ 23 milhões que ele teria recebido da Odebrecht, uma das empreiteiras com grandes contratos com a Petrobras. O dinheiro está bloqueado em contas bancárias na Suíça, e sua devolução aos cofres públicos depende apenas de medidas burocráticas (O Globo)

Beto Albuquerque não acredita em ‘diálogo’ de Dilma




O deputado federal Beto Albuquerque, líder do PSB na Câmara, afirmou ontem, que não é sincera a disposição da presidente reeleita Dilma Rousseff (PT) de dialogar com todas as forças políticas. “Se fosse para pedir desculpas pelas mentiras e calúnias, pelas inverdades que foram desferidas a nós ao longo da campanha, até valeria a pena sentar e conversar, mas não acredito que seja sincero por parte da Dilma esse tipo de manifestação. Acho que ela tem de tratar de governar com seus aliados e cumprir as suas tarefas”, afirmou em entrevista, antes de participar de reunião do diretório estadual do PSB, na capital gaúcha. Na ocasião, ele foi presidente do PSB gaúcho.
O deputado gaúcho, que foi candidato a vice na chapa de Marina Silva, é o atual líder do seu partido na Câmara, mas ficará sem mandato a partir de janeiro. Provavelmente, participará da administração do governador eleito no Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB), aliado do PSB no Estado.
Beto se disse surpreso pela informação de que o presidente executivo do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, estaria entre os nomes defendidos pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para comandar o Ministério da Fazenda no novo mandato de Dilma, conforme reportagens publicadas nos últimos dias. “Afinal, éramos nós que tínhamos a proposta de entregar o governo aos bancos? Ou é o PT que depois da eleição volta a se encontrar com os bancos, que foram os que mais ganharam dinheiro ao longo dos 12 anos de governo petista”, questionou.

Prefeito tucano eleitor de Dilma pode sofrer punição






Eleitor da presidente Dilma no segundo turno, o prefeito tucano de Sertânia, Guga Lins, foi ameaçado de punição pela direção estadual. Corre risco de sofrer um processo de expulsão da legenda. Ao blog, Guga confirmou que recebeu um telefonema do presidente estadual do PSDB, Bruno Araújo, cobrando explicações sobre sua postura.
“Eu disse a Bruno que já votei em Dilma no primeiro turno e que fiz apenas repetir o meu voto, porque o grupo do meu principal adversário no município, o deputado Ângelo Ferreira, se aliou a Aécio. A vida é um assunto local”, afirmou Guga, adiantando que, no primeiro turno atendeu a um pedido de Armando, seu candidato a governador.
Em contato com o blog, o presidente Bruno Araújo descartou uma punição mais rigorosa alegando que tinha ouvido do prefeito a versão de que seu voto pessoal foi para Aécio Neves. “Trata-se de um caso a ser estudado”, afirmou. Mas o prefeito nega que tenha dito a Bruno que votou em Aécio. "Votei em Dilma nos dois turnos", afirmou.

Lóssio discute com Temer desafios da gestão






Em encontro em Brasília, ontem, o prefeito de Petrolina, Júlio Lóssio (PMDB), ouviu do vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), os desafios da gestão da presidente Dilma Rousseff (PT) para os próximos quatro anos. A petista foi reeleita no último domingo, com 51,64% dos votos válidos.
Lóssio, que é dissidente do partido no apoio a Dilma em Pernambuco, ouviu de Temer o compromisso do Governo Federal de continuar com ações que promovam o desenvolvimento de Petrolina. (Do Blog  Folha)

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Dois dias depois de reeleita, “represidenta” sofre derrota histórica na Câmara

Dois dias depois de reeleita, “represidenta” sofre derrota histórica na Câmara, que rejeita decreto bolivariano sobre conselhos populares

Dois dias depois da reeleição de Dilma Rousseff, a Câmara dos Deputados, por ampla maioria — foi realizada em votação simbólica, com encaminhamento de lideranças —, derrubou o Decreto 8.243, o dos Conselhos Populares. Acompanhei a sessão. Voltarei ao assunto com mais detalhes. O PT, o PSOL, o PCdoB e o PROS tentaram desesperadamente obstruir a votação do Decreto Legislativo 1.491, que derruba o de Dilma. Não conseguiram.
Por mais que os governistas, alguns com discursos lastimáveis, tenham afirmado que não se trata de uma derrota de Dilma, a verdade evidente é que se trata, sim. Ela perdeu, e a democracia ganhou.
Não custa lembrar trechos do monstrengo dilmiano. O Artigo 1º do decreto estabelece: “Fica instituída a Política Nacional de Participação Social – PNPS, com o objetivo de fortalecer e articular os mecanismos e as instâncias democráticas de diálogo e a atuação conjunta entre a administração pública federal e a sociedade civil”. Sei… O Inciso II do Artigo 3º sustenta ainda que uma das diretrizes do PNPS é a “complementariedade, transversalidade e integração entre mecanismos e instâncias da democracia representativa, participativa e direta”.
Certo! Então os conselhos seriam uma forma de democracia direta, né? Só que é a democracia direta que se realiza à socapa, sem que ninguém saiba. Ou o “cidadão” decide fazer parte de algum “coletivo” ou “movimento social” ou não vai participar de coisa nenhuma. O texto tem o topete de definir o que é sociedade civil logo no Inciso I do Artigo 2º: “o cidadão, os coletivos, os movimentos sociais institucionalizados ou não institucionalizados, suas redes e suas organizações”. Ou por outra: é sociedade civil tudo aquilo que o poder decidir que é; e não é o que ele decidir que não é.
Fim da propriedade privada
Como observei numa coluna na Folha, O “indivíduo” só aparece no decreto para que possa ser rebaixado diante dos “coletivos” e dos “movimentos sociais institucionalizados” e “não institucionalizados”, seja lá o que signifiquem uma coisa, a outra e o seu contrário. Poucos perceberam que o decreto institui uma “justiça paralela” por intermédio da “mesa de diálogo”, assim definida: “mecanismo de debate e de negociação com a participação dos setores da sociedade civil e do governo diretamente envolvidos no intuito de prevenir, mediar e solucionar conflitos sociais”.
Ai, ai, ai… Como a Soberana já definiu o que é sociedade civil, poderíamos esperar na composição dessa mesa o “indivíduo” e os movimentos “institucionalizados” e “não institucionalizados”. Se a sua propriedade for invadida por um “coletivo”, por exemplo, você poderá participar, apenas como uma das partes, de uma “mesa de negociação” com os invasores e com aqueles outros “entes”. Antes que o juiz restabeleça o seu direito, garantido em lei, será preciso formar a tal “mesa”…
Isso tem história. No dia 19 de fevereiro, o ministro Gilberto Carvalho participou de um seminário sobre mediação de conflitos. Com todas as letras, atacou a Justiça por conceder liminares de reintegração de posse e censurou o estado brasileiro por cultivar o que chamou de “uma mentalidade que se posiciona claramente contra tudo aquilo que é insurgência”. Ou por outra: a insurgência lhe é bem-vinda. Parece que ele tem a ambição de manipulá-la como insuflador e como autoridade.
Vocês se lembram do “Programa Nacional-Socialista” dos Direitos Humanos, de dezembro de 2009? É aquele que, entre outros mimos, propunha mecanismos de censura à imprensa. Qual era o Objetivo Estratégico VI? Reproduzo trecho:
“a- Assegurar a criação de marco legal para a prevenção e mediação de conflitos fundiários urbanos, garantindo o devido processo legal e a função social da propriedade. (…) d- Propor projeto de lei para institucionalizar a utilização da mediação como ato inicial das demandas de conflitos agrários e urbanos, priorizando a realização de audiência coletiva com os envolvidos (…) como medida preliminar à avaliação da concessão de medidas liminares (…)”
Dilma voltou à carga, resolveu dar uma banana para o Congresso e, em vez de projeto de lei, que pode ser emendado pelos parlamentares, mandou logo um decreto, que não pode ser emendado por ninguém.
Quebrou a cara. E olhem que isso aconteceu com a atual composição da Câmara. A da próxima legislatura é ainda mais inóspita ao governo. A democracia respira, sim, senhores! Se Dilma quer brincar com essas coisas, que vá para Caracas

Aécio diz que campanha do PT usou 'infâmia e mentira

'
O candidato derrotado do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou em vídeo divulgado hoje em sua página oficial no Facebook que a campanha do PT usou “infâmia e mentira” contra a candidatura dele ao longo da disputa pelo Palácio do Planalto.

No vídeo, com duração de aproximadamente dois minutos, o senador tucano diz que, desde o último domingo, tem recebido mensagens de internautas que manifestaram “enorme tristeza” com o resultado das urnas. Aécio perdeu a corrida presidencial por uma diferença de 3,4 milhões de votos para a candidata do PT, Dilma Rousseff.
Conforme os dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o tucano obteve 51,04 milhões de votos (48,36%), enquanto Dilma obteve 54,5 milhões (51,64%).
“Nós temos que nos lembrar que disputamos uma eleição desigual, com o outro lado usando como nunca a máquina pública, a infâmia e a mentira contra nós. Mas aconteceu, e isso a gente não pode se esquecer, uma outra coisa extraordinária, que foi o Brasil acordando, as pessoas indo para as ruas querendo ser protagonistas da construção do seu próprio destino”, declarou o senador.

POPULAÇÃO DE SANTANA DO SOBRADO CONSOME ÁGUA DE QUALIDADE DUVIDOSA

A falta de chuvas e a seca que assola o semiárido nos últimos anos começa a se refletir no abastecimento de alguns municípios da borda do Lago de Sobradinho que tem capacidade para armazenar até 34 bilhões de metros cúbicos de água. Com a seca, as árvores que ficavam submersas voltaram a aparecer e muitos bancos de areia surgiram no leito do rio, atrapalhando a navegação próxima ao lago.
A baixa no nível da barragem tem afetado também as plantações e no abastecimento de algumas cidades. Em Santana do Sobrado, distrito de Casa Nova, por exemplo, o SAAE já efetuou a troca de local da bomba de captação que serve ao município, mas o problema permanece e a população pode estar consumindo água sem qualidade.
O problema chegou ao conhecimento do Blog pelo morador José Hilton Gomes que alega já ter procurado os setores competentes do governo Wilson Cota, mas o descaso permanece. Confira a mensagem encaminhada pelo whatsapp:
Geraldo,
O Sistema de Abastecimento de água de Santana do Sobrado tá um descanso. A população está consumido água de péssima qualidade sem tratamento e com lama e em algumas ruas não tem água desde sábado (25). Pedimos providências às autoridades competentes.
José Hilton Gomes

VEÍCULO PEGA FOGO NA BA-210 SENTIDO JUAZEIRO/SOBRADINHO

Um veículo de passeio da marca Fiat, modelo Siena, que viajava na BA-210, sentido Juazeiro/Sobradinho, pegou fogo no início da noite desta terça-feira (28), um quilômetro depois do Salitre, ainda em território juazeirense.
Segundo o leitor da terra da barragem Alexandro Nunes, que enviou as fotos e as informações, não houve feridos. O fato, no entanto, interrompeu por vários minutos o tráfego de veículos na citada BA.

PT teme ser escanteado por Dilma no segundo mandato



 Dirigentes do PT estão preocupados com o risco de o partido perder espaço no segundo mandato de Dilma Rousseff, segundo informa Bernardo Mello Franco, na Folha de S.Paulo desta quarta-feira. Segundo o colunista, os petistas temem que a presidente pense que venceu as eleições "apesar do PT", devido ao forte desgaste da sigla. O distanciamento do ex-presidente Lula e sua influência reduzida na campanha seriam um prenúncio da nova relação de Dilma com o petismo.
Além disso, Dilma terá que acomodar novos aliados na Esplanada dos Ministérios, como PSD e Pros. No fim da campanha, Dilma se cercou de aliados de sua confiança, como o ministro Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário), e reduziu o espaço de manda-chuvas do PT. O presidente Rui Falcão, por exemplo, não foi chamado para a preparação dos debates.

Mensalão tucano: sentença adiada mais um vez

  A transferência do processo do mensalão tucano da 11.ª Vara Criminal do Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, para a 9.ª Vara Criminal por determinação do Supremo Tribunal Federal por decisão do Supremo Tribunal Federal deverá adiar ainda mais a sentença contra o ex-deputado federal Eduardo Azeredo (PSDB-MG). A decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do STF, foi expedida em recurso do ex-senador Clésio Andrade (PMDB-MG), que ao renunciar em julho perdeu o foro privilegiado e solicitou que o processo retorne à 9.ª Vara Criminal.
Com a decisão, qualquer sentença expedida pelo juiz Marcos Henrique Caldeira Brant, da 11.ª Vara, poderia ser anulada. Conforme denúncia da Procuradoria-Geral da República, Azeredo montou um esquema de desvio de recursos públicos para sua campanha à reeleição como governador de Minas, em 1998. Rodrigo Janot pediu sua condenação a 22 anos de prisão.(Portal Minas 247)

Lula quer e PT já trata candidatura como oficial

 como oficial  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentará interferir mais no governo Dilma Rousseff e, em conversas recentes, disse pela primeira vez a aliados que será candidato ao Planalto em 2018. Diversos interlocutores consultados pela Folha confirmaram ter ouvido o recado do petista. Alguns, inclusive, afirmam que a manifestação foi feita no domingo (26), depois de as urnas terem confirmado a vitória de Dilma. A disposição de Lula de disputar 2018 conta com estimulo nada irrelevante: o desejo da mulher, Marisa Letícia.
Internamente, o PT já trata a candidatura de Lula como algo oficial. O petista terá 73 anos em 2018, e aliados ponderam que uma série de variáveis pode fazer com que mude de opinião mais à frente.
No atual mandato, Lula quer ser mais ouvido quando em situações de crise e dificuldades com o Congresso. O PT também fará mais pressões. Quer ser mais ouvido na definição dos novos nomes do governo, principalmente na do novo ministro da Fazenda, e participar da definição de propostas como a reforma política. Em entrevista nesta terça (28), Dilma disse que 'o que o Lula quiser ser, eu apoiarei'. (Da Folha de S.Paulo - Andéia Sadi e Natuza Nery)

Memória de Eduardo reverenciada ontem na Assembleia


Viúva Renata Campos agradece em nome da família a homenagem ao ex-governador  de Pernambuco)

Pouco mais de dois meses após a tragédia e terminado o processo eleitoral no país, deputados estaduais decidiram prestar uma homenagem ao ex-governador Eduardo Campos, morto em acidente aéreo em agosto. O ato solene aconteceu na noite de ontem, na Assembleia Legislativa de Pernambuco, com a presença da mãe de Eduardo, a ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, do irmão Antônio Campos, da ex-primeira-dama, Renata Campos e de quatro dos cinco filhos do casal. Além de deputados, também estiveram presentes representantes do Executivo e do Judiciário.

Durante a sessão, o presidente da Casa, o deputado Guilherme Uchoa, entregou uma placa à família, pelos serviços prestados pelo ex-governador aos pernambucanos. Emocionada, Renata Campos agradeceu em nome dela e dos filhos à generosidade do povo pernambucano por ter estendido as mãos no momento de dor. Afirmou saber que o ex-governador fez “grandes amigos” na Assembleia, que o ajudaram a consturir um estado melhor. “Poucos duvidam que o governo de Eduardo legou ao povo um estado melhor para se viver”, destacou.

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Aprovado pedido de cassação do deputado Luiz Argôlo



Com a retomada das atividades parlamentares, depois do segundo turno das eleições, parlamentares do Conselho de Ética da Câmara aprovaram hoje, por 13 votos a 4, o pedido de cassação do deputado Luiz Argôlo (SDD-BA), acusado de participar de negócios ilegais com o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, em março deste ano.
Em seu relatório, o deputado relator Marcos Rogério (PDT-RO), que foi duramente criticado por alguns colegas, defendeu a perda do mandato de Argôlo, por quebra de decoro parlamentar. Primeiro a falar na reunião, o deputado Wladimir Costa (SDD-PA), um dos parlamentares que pediu vista na última sessão do conselho, disse que se debruçou sobre o relatório e “cada vez mais me convenço da inocência do deputado”, afirmou, lembrando que Argôlo perdeu a disputa pela eleição na Bahia.
“Sou um dos mais antigos neste conselho. Nunca acompanhei tamanha discrepância em uma acusação. O relator não apresentou prova material. Tudo que fez foi ler supostas transcrições de degravações da Polícia Federal”, ressaltou. “Provas materiais não existem. Uma única prova para que a gente possa tomar iniciativa para limpar o nome desta Casa”, apelou.
A votação do parecer deveria ocorrer no último dia 22, mas a proximidade com o segundo turno das eleições adiou a decisão pela segunda vez. Na reunião anterior, um pedido de vista coletivo dos deputados Sérgio Brito (PSD-BA), Wladimir Costa (SDD-PA) e Pastor Eurico (PSB-PE) já havia transferido a votação.

Fazendeiro suspeito de mandar matar promotor se entrega



Principal suspeito de ser mandante do assassinato do promotor Thiago Faria, o fazendeiro José Maria Pedro Rosendo Barbosa se apresentou à polícia na tarde desta terça-feira. Zé Maria, como é conhecido, chegou à sede da Polícia Federal, na área central do Recife, acompanhado da esposa e de dois advogados. Antes de prestar depoimento, o homem falou com a imprensa e negou ter mandado matar o promotor.
José Maria disse que não se apresentou antes porque a Polícia Civil o acusou e não queria ouvi-lo. Apesar de ser considerado foragido, o fazendeiro contou que votou nos dois turnos da eleição em Itaíba, mesmo município onde aconteceu o crime.
O caso estava sendo investigado pela Polícia Civil até o início deste mês, quando passou a ser de responsabilidade da Polícia Federal. A PF trabalha com três possíveis linhas de investigação: disputa por terras, vingança e ciúmes.
Na linha de investigação que incrimina Zé Maria, o principal ponto é a disputa por terras. O fazendeiro teria perdido a posse da terra para a noiva do promotor, que arrematou em leilão 25 hectares da Fazenda Nova, em outubro de 2012, onde o fazendeiro morava mesmo sem ser o dono da propriedade. Zé Maria teria creditado sua expulsão da área à interferência do promotor e planejou a execução dele. De acordo com a perícia, três homens armaram a tocaia para o promotor.
Thiago Faria Soares foi morto com quatro tiros de espingarda calibre 12 no dia 14 de outubro de 2013, quando dirigia seu veículo pela PE-300, rodovia que liga Águas Belas, município onde o promotor residia, a Itaíba, local em que ele trabalhava. A noiva de Thiago, Mysheva Martins, e um tio dela também estavam no carro no momento da emboscada, mas não ficaram feridos.

Do JC Online

Dilma diz que vai chamar Aécio e Marina para conversar


  A presidente Dilma afirmou, em entrevista ao 'Jornal do SBT' na noite desta terça-feira, que aceita em seu segundo mandato dialogar com os dois candidatos que ameaçaram sua reeleição, Aécio Neves e Marina Silva. 'Sem a menor sombra de dúvida estou aberta ao diálogo. Acho que a palavra correta no início de um governo é se abrir ao diálogo com todos os setores, o Aécio, a Marina. Sim, posso chamá-los sim', disse. Ela não eu detalhes de como ou quando esse possível diálogo poderia ser estabelecido. 'É necessário que a gente crie no Brasil pontes. Não precisa de ter as mesmas posições. Quando eu falo em união, eu não quero aquela união que torna tudo pasteurizado. Quero aquela união que as pessoas mantenham suas diferenças de opinião, que possam agir de forma diversificada e que, ao mesmo tempo, conversem. A conversa não implica em abrir mão de nada. Ela mostra generosidade, mostra espírito público.'  Minutos antes, em entrevista ao 'Jornal da Band', Dilma havia dado declaração parecida em relação a dialogar com Aécio.  (Da Folha Online)

Ficha suja, marido é secretário da esposa governadora



Neudo e Suely (Foto: Emily Costa/ G1)


Suely Campos, do PP, (à direita) e Neudo Campos (à esquerda); ele assumirá a Casa Civil, conforme anunciado em coletiva nesta terça (28) (Foto: Emily Costa/ G1)
Em seu primeiro pronunciamento oficial após ter sido eleita governadora de Roraima, Suely Campos, do PP, anunciou, nesta terça (28), que o marido, o ex-governador e ex-deputado federal Neudo Campos, será o chefe da Casa Civil do estado. Neudo era o candidato inicial do PP ao governo de Roraima, mas desistiu da disputa quando teve o registro de candidatura indeferido, por duas vezes, pelo Tribunal Regional Eleitoral de Roraima por ser considerado 'ficha suja', conforme a Lei da Ficha Limpa.
Em entrevista ao G1, no dia 13 de outubro, Suely havia dito que Neudo Campos ''não teria nenhuma secretaria de estado e nem emprego no governo''. À época, a governadora eleita afirmou que Campos seria apenas um 'conselheiro ativo, porque tem experiência'.
O anúncio de Suely foi feito em coletiva de imprensa realizada no escritório do casal, no Centro de Boa Vista, ao ser questionada sobre os nomes dos futuros secretários do governo. Segundo ela, Neudo Campos coordenará as equipes que farão a transição de cada secretaria.
'O único nome que tenho 'de certeza' é o de Neudo Campos que vai estar na Casa Civil comigo', declarou Suely, complementando que, a partir de novembro, deve iniciar os trabalhos para o processo de transição do atual governador Chico Rodrigues (PSB), derrotado nas eleições de domingo (26).  (Do Portal G1)

Justiça da Itália nega extradição de Pizzolato, condenado pelo mensalão


Ex-diretor do Banco do Brasil foi preso na Itália em fevereiro.
Pizzolato fugiu do Brasil para não ser preso e ficará em liberdade.


Veículo da Polícia Penitenciária chega com Henrique Pizzolato ao Tribunal de Bolonha nesta terça-feira (28) (Foto: Paolo Tomassone/Especial para o G1)

 
Veículo da Polícia Penitenciária chega com Henrique Pizzolato ao Tribunal de Bolonha nesta terça-feira (28) (Foto: Paolo Tomassone/Especial para o G1)
GNews - Henrique Pizzolato (Foto: Reprodução/GloboNews)

 
Henrique Pizzolato ( Reprodução/GloboNews)
 
A Justiça da Itália negou nesta terça-feira (28), o pedido do governo brasileiro para que o ex-diretor de Marketing Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no processo do mensalão, seja extraditado para o Brasil.
O governo brasileiro pedia que ele fosse extraditado para cumprir a pena de 12 anos e 7 meses de prisão no Brasil. Pizzolato foi condenado por crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro.
O ex-diretor do BB deve ser posto em liberdade até esta quarta-feira (29) e deve voltar para sua casa em Maranello, na Itália. Ele ainda responde a processo por ter entrado na Itália usando documento falso, mas pode responder em liberdade. A Justiça ainda vai divulgar por que negou a extradição do brasileiro, que também é cidadão italiano.
O julgamento do pedido foi realizado na Corte de Apelações do Tribunal de Bolonha. Pizzolato, que está detido no presídio Sant’Anna di Modena, na cidade italiana de Modena, chegou por volta das 10h locais (7h de Brasília) ao tribunal, onde acompanhou a audiência. Ele foi transferido em um veículo da Polícia Penitenciária.
A sessão começou às 11h locais (8h de Brasília) e foi suspensa às 15h locais (12h de Brasília). Nesse horário, os juízes responsáveis entraram em uma sala reservada para tomar sua decisão.

 
O julgamento do pedido teve início em 5 de junho, mas as juízas responsáveis pelo caso concederam na época um prazo para que a defesa de Pizzolato analisasse documentos apresentados pelo Ministério Público Federal sobre as condições dos presídios brasileiros.
O Ministério Público da Itália havia se posicionado de forma favorável à extradição no primeiro semestre deste ano.
Em maio, a Justiça do país europeu havia rejeitado o pedido da defesa para que ele pudesse aguardar em liberdade a decisão sobre o processo de extradição.
O caso é polêmico porque ele tem dupla cidadania (brasileira e italiana) e, por isso, o governo italiano, que tem a decisão final, poderia se recusar a extraditá-lo, mesmo com aprovação da Justiça. No entanto, ao contrário do Brasil, não há proibição na legislação italiana para a extradição de nacionais.
Defesa e acusação
Os advogados do condenado no mensalão alegaram à Justiça italiana que as cadeias no Brasil apresentam condições "degradantes", que violam o princípio da dignidade humana.

O ex-diretor do BB fugiu do Brasil para não ser preso, mas acabou sendo capturado em Maranello, na Itália, por uso de documento falso em fevereiro deste ano.
De acordo com a Procuradoria-Geral da República, o procurador Eduardo Pellela está desde a última sexta (24) na Itália e irá acompanhar o julgamento. Nesta segunda (27), ele se reuniu com procuradores italianos, para trocar informações sobre o processo.

Em entrevista coletiva em julho deste ano, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o Brasil apresentou à Justiça italiana documentos que comprovam que o presídio da Papuda, no Distrito Federal, e as penitenciárias de Santa Catarina, onde o Pizzolato tem domicílio, têm condições de abrigar o ex-diretor do Banco do Brasil em condições que “respeitam os direitos humanos”.
“Uma das linhas de defesa era dizer que os presídios brasileiros não têm condições de receber o preso. Como o réu também tem direito de cumprir pena em presídios próximos ao domicílio, pedi que indicassem dois presídios em Santa Catarina. Fizemos relatório sobre esses dois presídios para demonstrar que, no cumprimento da pena, não havia ofensa aos direitos humanos”, disse Janot.

Veja pode ter mudança na direção de redação após capa que acusou Dilma e Lula


Veja pode ter mudança na direção de redação após capa que acusou Dilma e Lula


A revista Veja pode ter um novo núcleo de direção de redação em breve. De acordo com site Brasil 247, o presidente do Grupo Abril, Fábio Barbosa, convocou o diretor de redação Eurípedes Alcântara e os redatores-chefes Lauro Jardim, Fabio Altman, Policarpo Jr. e Thaís Oyama para jantar nesta segunda-feira (27). A pauta da conversa foi a situação criada com a capa sem provas, que rendeu dois direitos de resposta ao PT e custou à Abril a pichação à entrada de sua sede, na Avenida Marginal, em São Paulo.  Barbosa teria ficado irritadíssimo com a repercussão negativa da capa de Veja, lançada às pressas, na sexta-feira (24).

Suzane von Richthofen se casa com sequestradora que namorou Elize Matsunaga


Suzane von Richthofen se casa com sequestradora que namorou Elize Matsunaga

Condenada a 38 anos de prisão pela morte dos pais, Suzane von Richthofen se “casou”, no presídio de Tremembé, com a ex-namorada de Elize Matsunaga, presa por ter esquartejado e matado o marido. Suzane já cumpriu 12 anos da pena, mas se recusou a cumprir o regime semiaberto. Ela agora ocupa uma ampla cela das presas casadas. A parceira de Suzane é Sandra Regina Gomes, condenada a 27 anos de prisão pelo sequestro de uma empresária em São Paulo. No começo deste ano, Sandra havia se casado com a também famosa Elize, que matou o marido Marcos Kitano Matsunaga, 41, em junho de 2012. Suzane e a parceira assinaram um documento de reconhecimento do relacionamento afetivo, o que não tem valor legal de casamento civil, mas garante a união dentro da cadeia. Após assinatura desse compromisso, por exemplo, caso se separe, a presa terá que cumprir o prazo de seis meses para voltar à cela especial, destinada às “casadas”. Informações da Folha.

‘Podemos determinar condução coercitiva’, afirma Rita Tourinho sobre caso Dalva Sele Paiva


 ‘Podemos determinar condução coercitiva’, afirma Rita Tourinho sobre caso Dalva Sele Paiva


Dalva Sele Paiva, presidente da ONG Instituto Brasil e pivô de denúncias contra petistas baianos no auge da campanha no primeiro turno das eleições 2014, não foi localizada no endereço oficial dela. De acordo com a promotora Rita Tourinho, do Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), a última informação disponível sobre a presidente da ONG Instituto Brasil é de que Dalva constituiu advogado para falar o processo e que, desde então, não existe outro tipo de comunicação. “Uma parte da investigação com Dalva nós passamos para o Ministério Público Federal, que também está acompanhando o caso. A última comunicação que a gente teve com ela, ela disse que tinha constituído advogado e que ele iria procurar o Ministério Público, o que ainda não aconteceu”, relata a representante do MP-BA. “Não sabemos se ela entrou no país ou não. Precisamos saber onde ela se encontra antes de tudo”, completa Rita Tourinho – após entrevista à revista Veja, Dalva Sele Paiva embarcou para a Europa, com retorno programado para o último dia 11. “Podemos, inclusive, determinar a condução coercitiva”, aponta a promotora, que segue em investigações de irregularidades envolvendo a ONG Instituto Brasil. “O que se tem, até então, são as irregularidades em diversos convênios. Encontramos um com a prefeitura de Paulo Afonso, de 2007, com indícios de desvios de recursos”, relata Rita Tourinho. A promotora, todavia, frisa que não é possível confirmar os relacionamentos apontados por Dalva Sele com petistas, conforme denúncias à revista Veja e ao jornal Correio. “Esses desvios e as conexões com as pessoas citadas por ela não podemos confirmar. Mesmos os documentos que ela apresentou não trazem isso”, pondera.

Bandidos explodem agência bancária em Lauro de Freitas


Bandidos explodem agência bancária em Lauro de Freitas


Um caixa eletrônico de agência bancária na Estrada do Coco, em Lauro de Freitas, amanheceu nesta terça-feira (28) danificada após quatro homens explodirem o local na madrugada. De acordo com a Central de Polícia (Centel), o crime aconteceu no Banco Itaú, por volta das 3h30, em uma agência que foi inaugurada há cerca de dez dias. Os suspeitos utilizaram explosivos para violar as três caixas de autoatendimento, mas apenas um ficou destruído. O valor saqueado pelo grupo, todavia, ainda não foi divulgado. De acordo com testemunhas ouvidas pela 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/ Lauro de Freitas), os bandidos fugiram em um carro no sentido Vila de Abrantes. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado para realizar perícia no local. As informações são do Correio.