Chico Ferreira

Pesquisar este blog

Carregando...

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

GATI DO 5º BPM PRENDE ASSALTANTES, RECUPERA CELULAR ROUBADO E APREENDE CRACK EM PETROLINA

No dia (25/08) por volta das 21h00min, a Central de Operações do 5º BPM recebeu informação a respeito de dois elementos em uma motocicleta praticando assaltos na rua do Tambor do bairro São José, divulgando para todas as viaturas lançadas na rua, onde GATI ao copiar tal informação passou a realizar rondas nas proximidades do local indicado, vindo a localizar e abordar os imputados Gilmar Gonçalves Brito, de 19 anos e Cristiano Pereira da Silva, de 27 anos, os quais estavam na motocicleta Sundown Hunter 100, cor vermelha, placa KLS 8178, sendo encontrado com eles o produto do roubo, um aparelho celular da marca LG. A vítima reconheceu os acusados e o seu celular, em seguida todos os envolvidos, juntamente com os materiais apreendidos, foram encaminhados e apresentados à delegacia de plantão, para as providências julgadas cabíveis.
GATI DO 5º BPM APREENDE CRACK EM PETROLINA
No dia (25/08) por volta das 17h30min, após receber denúncia anônima de posse de drogas, as equipes do GATI do 5º BPM se dirigiram até o lixão do Bairro José e Maria em Petrolina, onde abordaram Paulo Ricardo Silva Brito de 24 anos, apreendendo de posse do imputado 17 (dezessete) pedras de crack e 01 (uma) peteca de maconha. O acusado, juntamente com o materiail apreendido, foram encaminhados e apresentados à delegacia de plantão, para as providências julgadas cabíveis.
Assessoria de Imprensa do 5º BPM - Petrolina-PE

CNT/MDA: Avaliação positiva do governo fica em 33,1%



A avaliação positiva do governo Dilma Rousseff, segundo a pesquisa MDA, divulgada nesta quarta-feira, 27, pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), ficou em 33,1%. A avaliação negativa foi de 28,8% e a regular, 37,4%. Os porcentuais variavam dentro da margem de erro do último levantamento, feito há duas semanas, quando a avaliação positiva era 33,2%, a negativa 28,9% e a regular 37,1%.
Em abril, no último levantamento do instituto feito antes do período eleitoral, a avaliação positiva era de 32,9%, a negativa 30,6%, e a regular 35,9%.
Por sua vez, a aprovação e a desaprovação pessoal da presidente ficaram empatadas em 47,4% – o restante dos entrevistados não souberam ou não responderam a sondagem. Nesse quesito, os resultados também ficaram dentro da margem de erro da última pesquisa, de suas semanas atrás.
Em abril, Dilma tinha 47,9% de aprovação pessoal e 47,6% de desaprovação pessoal - margem dentro da margem de erro do levantamento.
Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 24 unidades da federação das cinco regiões, entre os dias 21 e 24 de agosto de 2014. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

CANDIDATURA A REELEIÇÃO DE MAURÍCIO TRINDADE CONTINUA SEM REPERCUSSÃO EM SOBRADINHO

A  candidatura  do   deputado federal Maurício Trindade do  PROS (Partido Republicano  da  Ordem  Social) e  cacife  do  PSL,  continua  sem  repercussão  em Sobradinho.  Nas  eleições  passadas  o  deputado  não  foi  votado  na  terra   da  barragem  porque  faltou  representação,  e  nas  eleições deste ano pelo  andar  da  carruagem  vai  ser  a  mesma  coisa. Trindade  conseguiu  uma  emenda  parlamentar  no valor  de  trezentos  mil  reais  para  Sobradinho,  segundo  informações  encontra-se  na  Codevasf  e  vai ser  liberada  após  as  eleições.  A  população   tem  que  fiscalizar onde  serão  aplicados  esses  recursos. A  representação  do  deputado  Maurício  Trindade  em  Sobradinho  é  praticamente  inexistente,  por  isso em  termo de votação  tudo  indica que vai  acontecer  outra  decepção.

Ficha suja: TSE barra candidatura de Arruda no DF




 Cinco dos sete ministros do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) votaram para barrar a candidatura do ex-governador do Distrito Federal José Roberto Arruda (PR) com base na Lei da Ficha Limpa. O julgamento segue em curso e, caso seja encerrado nesta noite, o político será considerado inelegível pela Justiça Eleitoral.  Apesar de tal situação, como ainda existe a possibilidade de recursos para o próprio TSE e para o STF (Supremo Tribunal Federal), Arruda poderá continuar com sua campanha normalmente até que sua apelação seja analisada.
Condenado por improbidade administrativa por órgão colegiado de Justiça no mês passado, Arruda já havia sido considerado inelegível pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) do Distrito Federal.
Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) pela Rede Globo mostra Arruda com 37% das intenções de votos para o governo do Distrito Federal. O atual governador, Agnelo Queiroz (PT), aparece empatado em segundo lugar com Rodrigo Rollemberg (PSB), ambos com 16% das intenções de votos. A margem de erro da pesquisa Ibope é de 3 pontos percentuais.(Da Folha de S.Paulo - Severino Mota)

Vão tentar desconstruir Marina, mas sucesso é duvidoso




Os principais candidatos à presidência da República deverão atacar a socialista Marina Silva com relação à sua inexperiência para tentar subir nas pesquisas eleitorais. Em entrevista coletiva, na segunda, a presidenta Dilma Rousseff, por exemplo, disse que para ser presidente da República “é intrínseco se preocupar com gestão”. Caso contrário, seria alguém que gostaria de ser “rei ou rainha da Inglaterra”.
O tucano Aécio Neves, por sua vez, vem destacando seu projeto de “gestão eficiente” ao longo da campanha. Essa tática, porém, pode ser infrutífera, conforme três analistas ouvidos pelo EL PAÍS. Ontem, uma pesquisa feita pelo Ibope mostrou que a candidata do PSB venceria a atual presidenta Dilma Rousseff (PT) no segundo turno após passar Aécio no primeiro. (Do El País - A. Benites e C. Jiménez)

Ataques diretos entre candidatos marcam 1º debate na TV


:


Confrontos e perguntas diretas entre os candidatos mais bem colocados nas pesquisas eleitoraisDilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB) e  Aécio Neves (PSDB), marcaram o primeiro debate entre os presidenciáveis, realizado pela Band na noite de terça-feira (26). O encontro foi realizado no mesmo dia em que a mais recente pesquisa Ibope mostrou Marina em segundo lugar na disputa, com 29% das intenções de voto, pela primeira vez à frente de Aécio, que marcou 19%. A presidente e candidata à reeleição continua liderando a corrida pelo Planalto, com 34%.
Ao todo, foram 10 embates diretos entre os três --quatro em perguntas feitas de candidato para candidato e seis confrontos estimulados após questões formuladas por jornalistas do grupo Bandeirantes.
Logo na primeira rodada de perguntas, os presidenciáveis mais bem colocados ignoraram os nanicos --Luciana Genro (PSOL), Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB) e Pastor Everaldo (PSC)-- e optaram pelo confronto direto. Marina perguntou para Dilma, a petista questionou Aécio e o tucano fez sua primeira pergunta para a ex-senadora.
Quando o confronto ocorreu entre Dilma e Aécio, ele ficou concentrado em torno das questões econômicas e da Petrobras, um dos alvos preferidos da campanha tucana.
Os choques entre Dilma e Marina foram marcados por questões como a cobrança de ações para atender demandas populares dos protestos de junho de 2013 e as diferenças de perfil entre a 'gerente Dilma' e os 'estrategistas FHC e Lula'.
Já o enfrentamento entre Aécio e Marina se deu na arena da coerência política --como a recusa da pessebista de estar no palanque dos tucanos em SP--, o agronegócio e as críticas indiretas a Dilma sobre o aparelhamento da máquina pública.

Aécio cobra desculpas de Dilma pela gestão da Petrobrás

'A senhora não quer aproveitar esse tempo para pedir desculpas ao povo brasileiro?', disse Aécio, ao atribuir à presidente a queda do valor de mercado do estatal.
Quando teve chance de responder a Aécio, Dilma não poupou o tucano de críticas à gestão econômica do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, cujo segundo mandato foi marcado por 'medidas impopulares', como altos juros e altos níveis de desemprego.
''O governo do PSDB quebrou o Brasil três vezes e foi ao FMI (Fundo Monetário Internacional). Propôs que não se desse aumento de salários e tivemos redução salarial nesse período. O seu partido cortou salários e fez 'tarifaços'', afirmou a presidente-candidata. 
Durante o debate, Aécio tomou uma atitude incomum durante encontros desse tipo: afirmou, durante as considerações finais, que Armínio Fraga, ex-ministro de FHC, será seu escolhido para ocupar a pasta da Fazenda, caso seja eleito presidente.
O anúncio coincide com o momento em que Marina o ultrapassa nas pesquisas e faz sinalizações que agradam o mercado, como prometer a independência do Banco Central. 'Fiz questão de dizer qual é o caminho que vou seguir, já antecipando a indicação, se vencer as eleições, de Armínio Fraga para o Ministério da Fazenda, porque isso sinaliza na direção daquilo que o Brasil mais precisa: resgatar sua credibilidade e criar um ambiente de tranquilidade para que os investimentos voltem', disse após o debate.
Em outro momento, o tucano ainda chamou de 'bolivariano' o decreto dos conselhos populares, que obriga órgãos do governo a fazer consulta pública antes de decidir temas de interesse da sociedade civil. Dilma minimizou as críticas e respondeu que, 'se plebiscitos forem instrumentos bolivarianos, então a Califórnia pratica o bolivarianismo'.

Marina usa protestos de junho de 2013 para atacar gestão Dilma

Lançada ao posto de presidenciável do PSB após a morte de Eduardo Campos, Marina Silva começou o confronto direto quando perguntou a  Dilma sobre os pactos propostos após os protestos de junho de 2013, entre eles questões como a reforma política defendida pelo PT.
Marina ainda afirmou que Dilma distribui cargos para agradar aliados e, provocada por um jornalista, criticou a estratégia da presidente de se chamar de 'gerente'. 'O Lula não foi gerente, foi um homem de visão estratégica. O FHC não é um gerente, é um acadêmico com visão estratégica. Hoje o Brasil vai ser entregue em condições piores do que quando foi entregue à presidente, que se diz uma gerente. Nós vamos diminuir ministérios sem perder os que são estratégicos', afirmou.
Em sua réplica contra Marina, Dilma devolveu a questão à candidata do PSB perguntando quais pastas seriam extintas. 'Acredito que as pessoas têm sim que ter visão estratégica. Agora, um presidente, quando tem que lidar com todos os problemas do país, tem que fazer gestão. No Presidencialismo, o presidente tem de resolver os problemas de gestão'.

terça-feira, 26 de agosto de 2014

PT não tem competência para administrar, diz Geddel em entrevista


O candidato ao Senado Federal pelo PMDB, Geddel Vieira Lima, foi o entrevistado do programa Band Eleições exibido no início da madrugada desta terça-feira (26), pela TV Band Bahia. Durante a atividade, Geddel não poupou críticas ao atual governo petista na Bahia, com Jaques Wagner e pelo Brasil, com a presidente Dilma Rousseff.  O peemedebista disse ser ainda muito cedo para opinar sobre as mudanças no panorama político após a tragédia com o candidato Eduardo Campos (PSB).
Ao falar sobre a atuação dos governos estadual e nacional liderados por Wagner e Dilma, respectivamente, Geddel afirmou que o Partidos dos Trabalhadores não possui competência para administrar. Quando o assunto volta-se para a Bahia, o candidato diz que “a situação está muito pior em 2014 do que em 2010 em diversos aspectos sociais” e sobre o lado nacional ele continua alfinetando o PT ressaltando que “a presidente Dilma está deixando escapar aspectos positivos para crescimento nacional. Temos o aumento da inflação e propostas que nunca saem do papel. O país está indo mal e meu dever é buscar alternância do poder”, disse.
Geddel, durante a entrevista, pontuou estar jogando o jogo que acredita ser melhor para a Bahia e para o Brasil. Ele garante ter deixando a “mordomia” de ser governo e por isso, hoje milita na oposição. “Serei a voz da Bahia e do Brasil caso seja eleito, com o apoio do candidato Paulo Souto”, enfatizou.
Sobre a área da segurança, Geddel informou que no Senado, buscará a atualização do Código Penal. “Já existe um projeto em Brasília desde 2011 e chegarei na tentativa de fazer um código ainda mais duro e trabalhar para que a justiça seja mais ágil e rápida”, detalhou. Segundo o candidato, um dos caminhos, entre outros, é aumentar o número de presídios e complexos prisionais até por conta da superlotação destes espaços. Outra situação para possível melhoria seria um policiamento preventivo com um aparelhamento mais moderno e uma legislação mais firme.
Quando a pauta da entrevista envolveu a educação, Geddel lembrou que tramita no Congresso Nacional um projeto da federalização do professor e assim haver a verdadeira valorização do profissional. Para ele, o Brasil precisa se conscientizar que é a na primeira infância que a pessoa se define. “O desafio é tirar do papel as escolas do tempo integral. Para isso é preciso haver docentes treinados, novas tecnologias, mostrando a necessidade em se priorizar tal atividade para que o orçamento faça parte do projeto.
Na área da saúde, Geddel ressaltou que a “saúde na Bahia está virando uma chaga. No interior a sorte é que define quem pode continuar vivo. Isto precisa mudar”, disse prometendo espalhar multicentros de saúde e criar hospitais. Ele ainda concluiu este ponto dizendo que ajudará a aprovar a carreira nacional de médicos do Sistema Único de Saúde e este “saberá que terá progressão em sua carreira

75ª CIPM: Polícia Militar apreende 24 tabletes de maconha no Distrito de Maniçoba

Policial
A 75ª Companhia de Policia Militar, sob o Comando do Tenente Coronel Sampaio, apreendeu nesta segunda-feira (25), por volta das 21hs, na localidade de Conchas, Distrito de Maniçoba, 30 quilos de maconha e desarticulou uma quadrilha de tráfico de drogas. Duas pessoas foram presas: Josiênio Evangelista de Souza, natural de Orocó - PE e Alexsandro Xavier dos Santos, residente em Juazeiro – Ba.
A Guarnição do Distrito de Maniçoba realizando rondas no perímetro do distrito ao avistar um Gol branco de placa JVC 8962 BA, TAXI, em atitude suspeita procedeu com abordagem e após acompanhamento tático os policiais encontraram no porta mala do citado veículo 24 tabletes de maconha. A droga pesou cerca de 30 quilos. O entorpecente foi entregue na Delegacia de Policia Civil local.
Segundo a polícia, os traficantes atuavam em todo o Distrito. O Oficial de Operações, Aspirante Bastos disse ainda que a Policia Militar continuará abordando e investigando para desarticular outras quadrilhas especializadas em tráfico de drogas no Distrito de Maniçoba e região, oportunidade em que parabenizou a guarnição comandada pelo SD PM Edson de Jesus pelo belíssimo trabalho demonstrando assim comprometimento e zelo com a sociedade juazeirense. 

É o pior cenário para tucanos e petistas



 A primeira pesquisa Ibope depois que Marina Silva foi oficializada candidata pelo PSB confirmou o pior cenário para tucanos e petistas.
Ao abrir dez pontos de vantagem sobre Aécio Neves, do PSDB, Marina deixa o candidato tucano numa situação extremamente delicada, pois sinaliza que ele pode ficar fora do segundo turno.
Já na campanha de Dilma Rousseff (PT), o temor é em relação ao segundo turno. A pesquisa confirma simulações feitas pelas campanhas: a de que Marina venceria Dilma num embate direto: 45% a 36%, de acordo com o Ibope.
É a primeira pesquisa que mostra de forma explícita um cenário de derrota da petista Dilma Rousseff num eventual segundo turno.
Também assustou tucanos e petistas um item específico da pesquisa: a taxa de rejeição. Mesmo com toda a campanha recente, 36% do eleitores afirmam que não votariam em Dilma de jeito nenhum. A rejeição de Aécio é de 18%, enquanto a de Marina é de apenas 10%.
As primeiras consultas feitas pelo Blog a dirigentes petistas e tucanos, constataram um clima de pessimismo generalizado.
A cúpula do PSDB ainda está desnorteada com a confirmação dos números. O grande temor é que, neste primeiro momento, Aécio possa sofrer um processo de abandono gradual. Por isso, haverá uma tentativa de manter o ânimo da campanha.
Já para o PT, o ambiente é de perplexidade. Alguns petistas já defendem iniciar imediatamente uma campanha de desconstrução da imagem de Marina Silva.
“Se Marina continuar com essa rejeição baixa, num segundo turno será uma avalanche em cima da Dilma. O problema é que, mesmo com todo o esforço, Dilma não consegue diminuir a rejeição”, desabafou um petista ao Blog.
Há o reconhecimento no PSB que Marina foi beneficiada por uma forte exposição nas últimas duas semanas, depois do trágico acidente aéreo que vitimou o ex-governador Eduardo Campos.
Mas os socialistas avaliam que esse patamar de Marina está longe de ser uma onda. “A ordem agora é não errar”, disse ao Blog um coordenador da campanha de Marina.

Gabrielli recorre ao STF por desbloqueio de bens





O ex-presidente da Petrobras José Sergio Gabrielli e outros ex-diretores da estatal recorreram ao plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar desbloquear seus bens, bloqueados por decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) no processo administrativo que apura prejuízos causados com a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.
No recurso, Gabrielli e outros ex-diretores alegam, em sua defesa, que a decisão do TCU, que determinou o bloqueio dos bens, foi baseada em uma interpretação equivocada das informações prestadas pela Petrobras e estão fora do contexto econômico.
No dia 13 de agosto, o ministro Gilmar Mendes decidiu manter a decisão do TCU que determinou o bloqueio dos bens de Gabrielli e de outros ex-diretores. Na mesma decisão, Mendes deixou de analisar o pedido da presidenta da estatal, Graça Foster, para evitar o bloqueio. O ministro vai analisar a questão após manifestação do TCU no processo.
No dia 23 de julho, o TCU determinou que ex-executivos da estatal devolvam aos cofres públicos US$ 792,3 milhões pelos prejuízos causados com a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, entre eles Gabrielli. No caso de Graça Foster, mesmo não tendo sido incluída na decisão, a defesa da presidenta antecipou-se ao julgamento do TCU para evitar o bloqueio.

Justiça afasta cinco vereadores de Caruaru


O Tribunal de Justiça de Pernambuco afastou nesta terça-feira cinco vereadores de Caruaru devido aos desdobramentos da Operação Ponto Final II. São eles: Evandro Silva (PMDB), Neto (PMN), Val de Cachoeira Seca (DEM), Pastor Jadiel e Val das Rendeiras (ambos do Pros).

A ação dos parlamentares era contra uma decisão do juiz da 2ª Vara Criminal de Caruaru, Pierre Souto Maior, que havia afastado todos eles das atividades da Câmara a partir das conclusões da Operação Ponto Final II.
No julgamento do mérito do mandado de segurança (autos nº 0001900-82.2014.8.17.0000), o relator do TJPE Gustavo Augusto Rodrigues de Lima manteve a decisão.

Advogados ouvidos pelo blog disseram de forma unânime que o afastamento é imediato. Os cinco vereadores são acusados de corrupção passiva e ativa. Nesse caso, Evandro, Neto e Val de Cachoeira Seca teriam pago propina para aprovação da CPI da CGU, que tinha como objetivo investigar o governo José Queiroz (PDT).

Advogados de defesa dos legisladores disseram ao blog que vão recorrer da decisão, já que, segundo eles, o relator do processo, Gustavo Lima, está de férias. “Não existe necessidade de afastamento”, afirmou Marcelo Cumaru.

Marina abre 10 pontos frente a Aécio no Ibope




Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (26) mostra a ex-senadora Marina Silva (PSB) em segundo lugar na corrida presidencial, com 29% das intenções de voto.
É a primeira pesquisa que o instituto faz depois da morte do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e da definição de Marina como candidata a presidente pelo partido. Também é o primeiro levantamento feito após o início do horário eleitoral gratuito na TV e no rádio.
A presidente Dilma Rousseff (PT), que busca a reeleição, lidera a disputa, com 34%. O senador Aécio Neves (MG), candidato pelo PSDB, caiu do segundo para o terceiro lugar e tem 19%. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.
O resultado reforça a tendência verificada pela pesquisa Datafolha divulgada em 18 de agosto. No levantamento da semana passada, Marina já aparecia numericamente à frente de Aécio, com 21% contra 20%, mas havia empate técnico entre os dois, levando em consideração a margem de erro.
Na pesquisa Ibope divulgada hoje, o pastor Everaldo Pereira, candidato pelo PSC, e Luciana Genro, do PSOL, estão com 1%. Somados, os outros candidatos têm 1%.
A proporção de eleitores dispostos a votar em branco ou anular é de 7%. Os indecisos representam 8%.
Na última pesquisa Ibope, divulgada em 7 de agosto, Dilma aparecia com 38%, Aécio tinha 23% e Eduardo Campos, então candidato do PSB, estava com 9%.
O resultado de hoje indica que a eleição deve ir para o segundo turno já que Dilma não tem mais do que a soma dos demais candidatos, mesmo levando em consideração a margem de erro.
O Ibope testou dois cenários de segundo turno. Em uma eventual disputa entre Dilma e Marina, a candidata do PSB aparece à frente, com 45%, contra 36% da petista. No outro cenário, Dilma lidera com 41% contra 35% de Aécio.
O instituto entrevistou 2506 pessoas entre os dias 23 e 26 de agosto. Contratada pela Rede Globo, a pesquisa foi registrada no TSE com o número BR-00428/2014.

Wagner: "Marina tirou de Aécio a chance de 2º turno

"
O governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), é mais um dos que avaliam que a entrada da ex-senadora Marina Silva (PSB) na disputa pela presidência da República prejudicam o candidato do PSDB, Aécio Neves, que sonha em levar as eleições para segundo turno e derrotar a presidente Dilma Rousseff, que tenta se reeleger.
Wagner pondera que "ainda é muito cedo para avaliar o desempenho dos candidatos à presidência", mas reafirma que Marina deve continuar sua escalada na disputa.
"Ela (Marina) teve um desempenho em 2010 bastante significativo, com quase 20 milhões de votos. É cedo para saber se esta comoção (com morte de Eduardo Campos) vai se sustentar. Mas, sem dúvida, se tivermos segundo turno, teremos duas mulheres disputando as eleições. Vamos aguardar as próximas pesquisas, até porque teremos mais programas de televisão. No segundo turno a disputa é Dilma e Marina".
Em entrevista à rádio Metrópole, o governador da Bahia admite que Marina "é o grande empecilho para Dilma". Ele acredita que ambas as candidatas são fortes concorrentes pelas histórias de vida semelhantes. "Marina deslocou Aécio no primeiro turno. Ela está chegando ao segundo turno. Aí serão duas mulheres com histórias parecidas".

Marina alcança Dilma na corrida presidencial, diz site



Com números entre 27% e 28% das intenções de voto, a candidata do PSB para a presidência Marina Silva encostou em Dilma Rousseff, que está entre 31% e 32%. Os números são da pesquisa Ibope, encomendada pelo Jornal Nacional, mas que foram revelados pela coluna Radar Online, da revista Veja, assinada por Lauro Jardim. Segundo o jornalista, a pesquisa ainda vai mostrar Aécio Neves com um número entre 18% e 20%. A margem de erro da pesquisa é de 2%.
No provável segundo turno, Marina aparece à frente de Dilma com dois pontos percentuais. A pesquisa será revelada no Jornal Nacional desta terça-feira, 26, e foi realizada pelo Ibope entre o dia 23 de agosto e hoje.

PARAÍSO DAS PORTAS

Grande  promoção

Bandeira durante entrevista ao programa de Valtermário Pimentel na quinta-feira (21).

Nome do suposto deputado que teria tentado contra a candidatura de Joseph Bandeira é divulgado chama-se  Pedro  Alcântara

Na última quinta-feira (21), o ex-prefeito de Juazeiro e candidato a deputado federal, Joseph Bandeira (PSB) esteve na imprensa afirmando que um determinado candidato a deputado federal – seu opositor – teria impetrado três ações na Justiça Eleitoral contra a sua candidatura. “Dos três processos, já ganhei dois. Isso demonstra desespero. Esses urubus querem a qualquer custo cassar a minha candidatura”, disparou Bandeira durante entrevista ao programa de Valtermário Pimentel na quinta-feira (21).
joseph gritando

Ainda durante o programa, ele evitou anunciar o nome do acusado. Nesta segunda-feira (25), foi julgado a seu favor o terceiro processo, sendo divulgado no mesmo programa.
Por sua vez, o âncora do programa, portando cópias dos processos, anunciou o nome do possível candidato que teria impetrado as três ações: Pedro Alcântara (PR).
Ele afirmou que manteve contato com Joseph Bandeira, quando afirmou ter ficado surpreso com o fato. “Eu não sei porque ele fez isso comigo. Qual o interesse, já que sempre o respeitei”, lamentou.
Com essa decisão da justiça, Bandeira fica livre para concorrer as eleições de outubro. “De acordo resultado de pesquisas de controle interno realizada pela oposição na Bahia, a situação de Bandeira perante o eleitorado de Juazeiro é muito boa, isso tem incomodado bastante a vida de quem está na situação,” informa Nelson de Souza, aliado de Joseph.

Assédio eleitoral: votos no interior variam entre R$ 20 e R$ 100



Assédio eleitoral: votos no interior variam entre R$ 20 e R$ 100


“O mercado está inflacionado”. A reclamação vem de um candidato a deputado, que prefere o anonimato. Segundo ele, o valor mínimo pago por um voto é R$ 20, porém, na maioria dos casos, a média está entre R$ 80 e R$ 100. “Depende da cidade e de qual liderança está vendendo”, afirma. Ele, que preferiu tirar a tropa de apoiadores de alguns municípios, lista os piores locais. “O sul da Bahia está um terror. É a região mais complicada. Coaraci é um absurdo. E a região de Campo Formoso também está terrível”, pontua. Segundo ele, áreas como o Recôncavo e Irecê, por exemplo, estão menos caras. “Quem tem ou teve prefeitura nas mãos está gastando muito. Os empresários que são candidatos também", completa. Para outro postulante a parlamentar, que estreia nas urnas, as tentativas de coerção assustam. “Tem a galera que é direta. Que diz 'fui candidato a tal coisa e tenho X votos. Se você quiser eu trabalho para você e o percentual é em cima disso'. Se trabalha só para o estadual é esse valor, se incluir o federal, racha”, revela. O valor cobrado, segundo o novato, é entre R$ 50 e R$ 75 – nos bastidores, a lei de “quem paga mais leva os votos” é padrão.

Comitê de Dilma vai abrir o cofre para conter Marina




 O comitê de Dilma Rousseff (PT) vai abrir os cofres para tentar conter o crescimento de Marina Silva (PSB) em São Paulo, maior colégio eleitoral do país. A campanha petista antecipou a distribuição de material impresso sob medida para os maiores 76 municípios do Estado. O objetivo é mobilizar aliados e ressaltar a presença de programas federais em cada cidade. Nas pesquisas internas de PT e PSB, Marina já aparece à frente de Dilma e Aécio Neves (PSDB) em território paulista. A informação é de Bernardo Mello Franco, na sua coluna da Folha de S.Paulo desta terça-feira.
O esforço para reagir ao "efeito Marina"  -- diz o colunista -- não se limita a São Paulo. Hoje os presidentes dos 27 diretórios estaduais do PT se reúnem para discutir novas ações de fortalecimento da campanha.
''O comitê de Dilma não quer explorar as suspeitas de irregularidade no uso do jatinho que caiu com Eduardo Campos (PSB). Os petistas preferem deixar Aécio cobrar explicações públicas sobre o caso, considerado delicado.''

Debate: Dilma evitará o confronto direto com Marina




   A presidente Dilma Rousseff (PT) pretende evitar o confronto direto com Marina Silva (PSB) nesta terça-feira (26), durante o primeiro debate dos presidenciáveis na TV, promovido pela Rede Bandeirantes.  O comitê da campanha, deve adotar uma linha mais defensiva que ofensiva e deixar que o tucano Aécio Neves polarize com a candidata do PSB.
Apesar de internamente avaliarem que Marina já é a segunda colocada nas pesquisas, petistas defendem que a candidata adie ao máximo o enfrentamento com a ex-senadora.
"Será inevitável, mas não será agora", diz um integrante do governo. Nesta terça, está prevista a divulgação de uma nova pesquisa do Ibope.
A ideia é que a petista se posicione como gestora, que tem a vantagem de dominar os assuntos do governo. A única possibilidade de duelo, dizem petistas, é se Marina tomar a iniciativa e for para o ataque contra Dilma.
Mas os próprios auxiliares da petista avaliam que a tática ofensiva não combina com o perfil de Marina, por isso consideram remota a chance disso ocorrer nesta terça.
 Já Aécio tentará pressionar as duas adversárias para não parecer "fora do jogo" a 40 dias do primeiro turno e num momento em que o próprio partido avalia que e ele aparecerá em terceiro lugar nas próximas pesquisas eleitorais.
A estratégia do mineiro é buscar enfatizar sua trajetória: se apresentar ao eleitor –ele é o candidato mais desconhecido entre os três principais postulantes –e, ao mesmo tempo, parecer mais preparado para o posto do que a adversária do PSB.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Filho do jornalista Moacyr Alexandrino morre vítima de câncer no Rio de Janeiro

Corpo de Marcílio Alexandrino será encaminhado para Juazeiro, nesta quarta-feira (27), onde será velado.
Marcílio Alexandrino, de 34 anos, faleceu por volta das 23h30 deste domingo (24), no Instituto Nacional de Câncer - INCA, no Rio de Janeiro. Marcílio ou Buiuzinho, era filho do jornalista e ex-presidente do Sinjorba, em Juazeiro, Moacyr Alexandrino, e da professora Maria de Lourdes Alexandrino.  
Buiuzinho estava lutando contra um câncer raro no fígado há algum tempo e não resistiu. “Ele morava desde o ano passado na cidade carioca, onde reside o irmão gêmeo, Moacyr Alexandrino Filho e a irmã Aretuza Henrique, para fazer o tratamento”, informou o amigo, Raphael Leal, que também reside no Rio de Janeiro.
A amiga Luana Benevides iniciou uma campanha, junto com amigos e familiares, para arrecadar recursos e fazer o translado, que  custa cerca de R$ 6 mil reais. O corpo de Marcílio deve chegar à Juazeiro na tarde desta quarta-feira (27). “Perdi um irmão, uma pessoa maravilhosa, muito amigo, adorava praticar esporte, jogava vôlei, amava a capoeira e luta. É doloroso saber que ele não estará mais aqui”, disse, emocionada.
O sepultamento ainda não tem data marcada.

Jornalista de Petrolina faleceu vítima de infarto; o velório será no SAF de Juazeiro

O jornalista de Petrolina, Webster Brandão Von Czékus faleceu na manhã desta segunda-feira, 25, vítima de infarto fulminante, quando voltava da cidade de São João do Piauí (PI) . Webster atualmente era assessor do Prefeito Gilson Castro, da cidade de João Costa, no Piauí, e estava trabalhando no Marketing de uma campanha política no estado. O jornalista seguia para Petrolina, quando sofreu um infarto na localidade de Umburana próximo a cidade de Lagoa, onde recebeu atendimento médico. O corpo do jornalista será velado a partir da tarde desta segunda-feira no SAF de Juazeiro. O enterro será na manhã desta terça-feira (26).

Aécio: PT faz "terrorismo" sobre bolsa família


O candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, acusou o PT, partido da presidente Dilma Rousseff, de fazer "terrorismo" eleitoral ao divulgar boatos de que se o tucano for eleito vai acabar com o programa Bolsa Família, um dos principais projetos sociais do atual governo.
Nos últimos dias, Aécio tratou de reservar parte da sua campanha para garantir a manutenção do programa social e até destacar que pretende ampliá-lo e aprimorá-lo, caso seja eleito presidente.
“Isso (dizer que vai acabar com o Bolsa Família) é um terrorismo implantado pelo PT e seus correligionários... uma irresponsabilidade”, disse ele a jornalistas após visita a um abrigo na cidade do Rio de Janeiro.

'É o meu lugar', diz Simon ao aceitar disputa ao Senado





O senador Pedro Simon falou pela primeira vez como candidato do PMDB à vaga do Rio Grande do Sul no Senado na tarde de hoje. Na entrevista coletiva que marcou o lançamento oficial da candidatura, na sede do partido em Porto Alegre, Simon brincou sobre a pressão exercida por companheiros de partido para que tentasse a reeleição.
"Ontem eu podia até entrar na Justiça com argumento que vocês me pressionaram. Até hoje não disse sim, mas estou aqui. Mas na verdade, estou aqui porque no fundo aqui é o meu lugar. Termino aceitando com muita alegria essa responsabilidade", declarou o político.
Simon tentará chegar ao quinto mandato no Senado. Ele concorre no lugar de Beto Albuquerque, do PSB, escolhido para ser candidato a vice de Marina Silva após a morte de Eduardo Campos. "Realmente eu tinha dado como encerrada minha vida pública. Completo 85 no dia que encerra meu mandato", declarou.

Promotor diz que 20 mil pessoas foram vítimas de Abdelmassih


Promotor diz que 20 mil pessoas foram vítimas de Abdelmassih


Apesar de Roger Abdelmassih ter sido condenado pelo estupro de 37 mulheres, o número de pessoas prejudicadas pelo ex-médico pode chegar aos milhares. “Cerca de 20 mil pessoas foram vítimas, segundo levantamento do MP”, disse o promotor Roberto Senise Lisboa ao G1. De acordo com a Promotoria do Consumidor, o acusado obrigava mulheres que queriam engravidar a assinar autorizações para exames enquanto elas estavam sedadas, além de não fornecer o resultados de testes e outras informações. Lisboa explicou que as ex-pacientes das clínicas de reprodução humana de Abdelmassih podem entrar com ações individuais para pedir indenização por danos físicos e morais – já que, por entendimento da Justiça de São Paulo, as ações não podem ser feitas de maneira coletiva pelo Ministério Público (MP). Roger passou ser conhecido pela imprensa na década de 1990. Em um luxuoso consultório na capital do estado, ele recebia celebridades que tinham dificuldades em gerar filhos. Após denúncias de abusos sexuais contra funcionárias e pacientes, ele foi condenado a pena de 278 anos de prisão. Ele estava foragido desde então mas foi preso na última terça-feira (19) no Paraguai, onde morava com a mulher e os filhos. Apesar de negar os crimes, ele ainda é investigado por outros 26 casos.

Morre ao 86 anos Antônio Ermírio de Moraes

Retrato do empresário Antônio Ermírio de Moraes em seu escritório








O empresário e presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes, 86, morreu de insuficiência cardíaca, em casa, em São Paulo, na noite de domingo (24). Ele deixa a mulher com quem teve nove filhos.
O velório de Moraes começa a partir das 9h desta segunda-feira no salão nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo. O sepultamento será às 16h no cemitério do Morumbi, zona oeste de São Paulo.
Moraes era engenheiro metalúrgico formado pela pela Colorado School of Mines (EUA) e iniciou a carreira na Votorantim em 1949. Ele foi responsável pela pela instalação da Companhia Brasileira de Alumínio, em 1955.
O empresário também foi candidato ao governo do Estado de São Paulo em 1986. Ele escreveu por 17 anos uma coluna dominical na Folha e ocupava a cadeira 23 da Academia Paulista de Letras.
Em nota, a Votorantim informou que 'o grupo perde um grande líder, que serviu de exemplo e inspiração para seus valores, como ética, respeito e empreendedorismo, e que defendia o papel social da iniciativa privada para a construção de um país melhor e mais justo, com saúde e educação de qualidade para todos'. (Da Folha de S.`Paulo)

Candidata Luciana Genro sofre acidente de trânsito





A candidata à Presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, sofreu um acidente de trânsito sem gravidade hoje em Porto Alegre. Ela está na capital gaúcha para cumprir agenda desde sexta-feira (22), segundo o assessor da campanha. No seu perfil oficial do Twitter, ela relatou o ocorrido e disse que não ficou ferida.
"Antes que a informação saia e gere preocupações: tive um pequeno acidente de carro mas não me machuquei. Estava dirigindo o carro do meu marido e outro carro passou no sinal vermelho e me bateu. Por sorte ninguém se machucou", escreveu.
Segundo a candidata, o motorista do outro carro estava sem Carteira Nacional de Habilitação (CNH). "Estou com pena do senhor que me bateu. Ele estava sem habilitação. Poderia ter sido grave. O carro do meu marido ficou destruído na frente. Graças ao cinto de segurança não me machuquei. Tenho verdadeiro pavor do trânsito!", concluiu.
A Empresa Pública de Transporte e Circulação não informa dados dos acidentes.
Dilma: “Ermírio sempre acreditou no desenvolvimento"
A presidente Dilma Rousseff (PT) divulgou nota nesta segunda-feira na qual afirmou lamentar a morte do empresário Antônio Ermírio de Moraes. No texto, ela ressaltou que o presidente de honra do Grupo Votorantim “sempre acreditou no desenvolvimento do Brasil”.
Antônio Ermírio morreu de insuficiência cardíaca neste domingo (24), aos 86 anos, em sua casa no bairro do Morumbi, em São Paulo. O velório foi marcado para o Salão Nobre do Hospital Beneficência Portuguesa, na região central da capital paulista, e será sepultado no Cemitério Morumbi.
“Foi com tristeza que recebi a notícia da morte do empresário e presidente de honra do Grupo Votorantim, Antônio Ermírio de Moraes. Líder nato, Antônio Ermírio sempre acreditou no desenvolvimento do Brasil”, disse a presidente na nota.

domingo, 24 de agosto de 2014

"Mutirão da Cidadania" intensifica ação de limpeza na Vila São Joaquim em Sobradinho



O Mutirão da Cidadania, um conjunto de ações nas vilas e quadras da cidade, com o objetivo de intensificar e garantir os serviços públicos como: limpeza, capina, retirada de entulhos e nivelamento começou pela Vila Santana, identificada como um dos locais que mais necessitavam de uma ação urgente de limpeza e organização. Na primeira etapa do mutirão, a Vila Santana passou por uma limpeza geral. Um trabalho que envolveu várias equipes de agentes de limpeza e servidores da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos, responsável por esta ação.

O trabalho envolveu também as demais secretarias municipais, que participaram com ações de mobilização, conscientização sobre a participação de todos na manutenção de uma cidade limpa e distribuição de mudas. " Nossa avaliação foi muito positiva. Entregamos a Vila Santana limpa e organizada. Retiramos entulhos, capinamos toda a extensão da vila e a comunidade aprovou esta ação.  

Desde o início da semana, o "Mutirão da Limpeza" está realizando as ações na Vila São Joaquim e vai atender a todas as quadras com retirada de entulhos, limpeza geral e alguns consertos que sejam necessários. Na S5 os serviços já foram concluídos. Até o final desta semana serão entregues, totalmente limpas, a S19 e a S21. Mais de vinte agentes de limpeza estão realizando os serviços nessa área, com o suporte de máquinas como: patrol, retroescavadeira e caçambas.

"Queremos envolver os moradores e estamos fazendo também uma campanha educativa, para que todos se sintam participantes e responsáveis pela imagem e limpeza da nossa cidade. Estamos fazendo a nossa parte e vamos entregar toda cidade limpa. Lembramos , mais uma vez, que cada morador deve fazer sua parte, recolhendo entulhos, respeitando o horário de coleta de lixo, que em Sobradinho é muito regular e não dispensando lixo nas vias públicas. "Quem ama, cuida" disse o  prefeito  Luiz  Vicente

Justiça proíbe Rui Costa em propaganda de deputados

O juiz Francisco de Oliveira Bispo proibiu a veiculação do trecho da propaganda eleitoral no qual o candidato petista a governador, Rui Costa dos Santos, faz pedido genérico de voto para os candidatos da coligação “Mais Mudanças, Novas Conquistas”.  A determinação judicial atende representação da coligação “Unidos pela Bahia”, que alegou desrespeito à lei eleitoral.
De acordo com a advogada Lilian Reis, da coligação “Unidos pela Bahia”, a legislação é clara quando prevê que o direito de o postulante da majoritária aparecer na propaganda das candidaturas proporcionais está condicionado a que ele peça o voto apenas para quem cedeu o tempo. “Ele fez o pedido de forma genérica”, observou Lilian.
Para o presidente da coligação “Unidos pela Bahia”, José Carlos Aleluia, a intenção do petista era aparecer na vã tentativa de tornar-se conhecido. “Mais uma vez a Justiça se fez presente e impediu nova tentativa petista de burlar a lei eleitoral com o objetivo de se beneficiar. Jogaram o barro, mas não colou. Parabéns para a Justiça!”, disse Aleluia.

Oposição força: ouvir de novo ex-diretor da Petrobras




 Parlamentares de oposição tentarão usar a próxima reunião da CPI mista da Petrobras para marcar o depoimento do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa ao colegiado. A comissão deve se reunir na próxima quarta-feira para votar requerimentos e, embora já existam diversos pedidos de convocação do engenheiro, o depoimento ainda não tem data marcada. Oposicionistas ouvidos pelo Correio esperam de Costa uma atuação diferente da CPI da Petrobras no Senado, em julho, quando ele negou qualquer irregularidade na petrolífera. “Pode-se fazer auditoria por 50 anos na Petrobras, mas não vai se achar nada de ilegal. Porque não há nada ilegal na Petrobras”, chegou a dizer ele, na ocasião.
Costa negocia um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal e com a Polícia Federal desde a deflagração, na última sexta-feira, da sexta fase da Operação Lava-Jato. A PF cumpriu 11 mandados de busca e apreensão em empresas ligadas ao ex-diretor da Petrobras. O engenheiro chegou inclusive a mudar de advogada, contratando uma profissional especializada em acordos de delação premiada.
“Na primeira ocasião (na CPI do Senado), ele estava orientado pelo advogado a agir de uma certa forma. Agora, a orientação jurídica que ele receberá será outra, especialmente no caso de ele conseguir o acordo de delação premiada. E aí passa a ser prioridade para a CPI colher o depoimento dele”, disse o líder do PSDB na Câmara, deputado Antônio Imbassahy (BA).