Chico Ferreira: Após delação da Odebrecht, Temer avalia mudanças na Casa Civil, diz jornal

Pesquisar este blog

sábado, 17 de dezembro de 2016

Após delação da Odebrecht, Temer avalia mudanças na Casa Civil, diz jornal


Após delação da Odebrecht, Temer avalia mudanças na Casa Civil, diz jornal


Temeroso com os efeitos das delações dos demais executivos da Odebrecht, o presidente Michel Temer planeja mudar a imagem do governo logo após a eleição para os comandos da Câmara e do Senado, em fevereiro do próximo ano. A informação é do Estado de S. Paulo. De acordo com a publicação, o plano do presidente para se manter no cargo até o fim de 2018 é fazer mudanças na equipe já citada em denúncias de corrupção, além de investir em mais medidas para alavancar o crescimento econômico do país. A matéria dá a permanência do chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e do secretário do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), Moreira Franco, como incertas, já que ambos foram citados na delação do ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, Cláudio Melo Filho. Assim, o propósito de Temer seria atribuir à Casa Civil um perfil mais técnico e "interno" à pasta que coordena as ações da equipe. Há também a ideia de criar uma secretaria especial no Ministério da Fazenda para a discussão de novas iniciativas que possam reaquecer a economia e gerar um impacto mais rápido para o consumidor.