Chico Ferreira

Pesquisar este blog

domingo, 21 de maio de 2017

PSDB discute presença no governo Temer neste domingo; Agripino Maia participa da reunião
Fotos: Agência Senado/ Montagem BN
O PSDB convocou uma reunião de emergência para este domingo (21) na qual decidirá se vai se manter ou sair do governo Michel Temer. Um dos cinco ministros do partido, Bruno Araújo, já tentou deixar a gestão logo após a gravação de uma conversa entre o presidente e o sócio da JBS, Joesley Batista, vir à tona na última quarta-feira (17). Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, a reunião será realizada em Brasília. Além dos ministérios, os tucanos representam boa parte da base aliada, com dez senadores e 47 deputados federais.  Na Câmara, as manifestações favoráveis à saída do partido surgiram logo após a eclosão do escândalo.  Já no Senado, o tema é discutido com cautela: os congressistas querem que Temer seja convencido à renunciar ou pressionar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a cassar o mandato do peemedebista. O DEM fechou acordo com os tucanos e só deixará o governo caso o PSDB o faça, em posição conjunta. O presidente nacional do DEM, o senador Agripino Maia, também participará da reunião.