Chico Ferreira: Janot se envolveu em guerra de Lama, avalia MPFPara procuradores, Janot se envolveu em "guerra de Lama" e abriu brecha para questionamentos

Pesquisar este blog


.

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Janot se envolveu em guerra de Lama, avalia MPFPara procuradores, Janot se envolveu em "guerra de Lama" e abriu brecha para questionamentos




Em debates internos, integrantes do MPF disseram que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, se envolveu em uma guerra de lama ao solicitar o impedimento do ministro Gilmar Mendes, do STF, tendo, dentro de sua casa, um caso controverso. A revelação de que a filha de Janot advoga para empreiteiras que tentam firmar leniência abriu espaço para o questionamento de acordos feitos pela Lava Jato e ampliou o potencial destrutivo da guerra entre a PGR e parte do Supremo.
Procuradores afirmaram que, no mínimo, Janot cometeu um erro crasso de estratégia. Juízes que o apoiam também avaliaram, em reserva, que o cenário tende a recrudescer. Dizem que Gilmar Mendes tem resiliência para apanhar e revidar.
Advogados lembraram que a delação da OAS, uma das empresas para qual a filha de Janot atua no Cade, foi suspensa por ele após um vazamento. Veem nisso um ponto de partida para atacar o que chamam de “seletividade” nos acordos de colaboração.  (Painel - Daniela Lima, FSP)