Chico Ferreira: Cassação Dilma-Temer: TSE ouve últimas testemunhas

Pesquisar este blog


.

sábado, 19 de novembro de 2016

Cassação Dilma-Temer: TSE ouve últimas testemunhas





O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Herman Benjamin ouve na próxima segunda (21) as duas últimas testemunhas do processo que pede a cassação da chapa da ex-presidente Dilma Rousseff e de Michel Temer, o que poderia resultar na saída do atual presidente do cargo.
Encerrada as oitivas (serão ouvidos dois funcionários de campanha como testemunhas de defesa), o magistrado aguardará apenas o fim de perícias em despesas da chapa para ouvir as alegações finais de defesa e acusação e proferir seu voto.
As perícias são fundamentais para confirmar ou afastar irregularidades. Isso porque a principal acusação contra Dilma e Temer caiu por terra, na quinta (17), quando Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, mudou radicalmente seu depoimento e disse que os recursos para a campanha presidencial de 2014 foram limpos —e não pagamento de propina, como sustentava até então.
O fato de Azevedo mudar o depoimento depois que a defesa de Dilma revelou que a contribuição, que ele dizia ser propina, tinha sido feita para o PMDB de Temer, fez todas as outras afirmações do executivo "caírem por terra", na opinião de um dos magistrados do TSE. O executivo dizia, por exemplo, que ex-ministros e assessores de Dilma tinham feito pressão irresistível para que a Andrade desse dinheiro para a campanha dela.