Chico Ferreira: “Um juiz parcial não tem credibilidade para condenar Lula”, afirma o presidente do PT/Bahia, Everaldo Anunciação

Pesquisar este blog


.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

“Um juiz parcial não tem credibilidade para condenar Lula”, afirma o presidente do PT/Bahia, Everaldo Anunciação





O PT/Bahia convoca a executiva do partido para discutir a medida equivocada do Juiz Moro que condenou o ex-presidente Lula. Hoje as centrais sindicais estão em vigília no Campo da Pólvora protestando contra esta arbitrariedade. Embora seja uma decisão de primeira instância, é uma medida arbitrária e ilegal, “conduzida por um juiz parcial que baseia a sentença em delações sem provas num vergonhoso ataque à democracia”, critica o presidente do PT, Everaldo Anunciação.
Este juiz é flexível com os adversários do PT, a exemplo da liberação da mulher de Cunha, e parcial contra nós. Ele não tem credibilidade, afirma Everaldo. Ele adianta que “vamos recorrer, pois sabemos que Lula é inocente, vítima de perseguição. 
O PT nacional também se posicionou afirmando que a condenação de Lula é mais um capítulo da farsa capitaneada pelo consórcio golpista que assumiu o País para suprimir direitos sociais e trabalhistas, ampliar o tempo para as pessoas se aposentarem, cortar gastos essenciais em Saúde e Educação e, principalmente, vender empresas estatais importantes como a Petrobras, a Infraero, a Caixa Econômica e o Banco do Brasil.
Diz também que o  PT vai manter sua defesa intransigente a Lula, por acreditar em sua absoluta inocência. Lula é uma liderança reconhecida no mundo pelos avanços promovidos à frente da Presidência. Hoje, mais do que nunca, nos solidarizamos com Lula, e com seus filhos e netos.
Marival Guedes- Assessor de comunicação PT/Bahia