Chico Ferreira: Preso na Operação Calicute chora durante depoimento e pede perdão a juiz

Pesquisar este blog

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Preso na Operação Calicute chora durante depoimento e pede perdão a juiz


Preso na Operação Calicute chora durante depoimento e pede perdão a juiz


O ex-assessor do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, Wagner Jordão Garcia, chorou durante depoimento prestado nesta quinta-feira (4) na 7ª Vara Federal Criminal. De acordo com o G1, ele ainda pediu pediu perdão ao juiz Marcelo Bretas. "Acordo todo dia com quatro baratas. Quero pedir perdão ao povo do Rio. Sei que eu errei. Mas isso está me torturando", afirmou Garcia enquanto chorava. Ele ainda solicitou ao magistrado o cumprimento da pena em regime domiciliar. O ex-assessor da Secretaria de Obras foi preso em novembro do ano passado como parte da Operação Calicute, deflagrada pela Polícia Federal. No depoimento desta quinta, ele confessou que recolheu propina a pedido de Hudson Braga, ex-secretário estadual, mas ressaltou que nunca partilhou de vantagens indevidas. Braga e Sérgio Cabral também foram presos em novembro do ano passado pela PF.