Chico Ferreira: Ministério da Agricultura afasta servidores envolvidos em operações deflagradas pela PF

Pesquisar este blog


.

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Ministério da Agricultura afasta servidores envolvidos em operações deflagradas pela PF


Ministério da Agricultura afasta servidores envolvidos em operações deflagradas pela PF
O ministro Blairo Maggi fez o anúncio | Foto: Moreira Mariz / Agência Senado
Os servidores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), envolvidos nas operações deflagradas pela Polícia Federal (PF), nesta terça-feira (16), "serão afastados imediatamente das funções e serão alvo de uma auditoria que poderá terminar com a exoneração dos cargos públicos". A declaração foi feita pelo titular da pasta, ministro Blairo Maggi (PP-RS). Tanto a Operação Lucas (veja aqui) quanto a Operação Fugu (veja aqui) investigam crimes de corrupção envolvendo funcionários do ministério e empresas fiscalizadas em Tocantins e Santa Catarina. "Já sabíamos que outros casos viriam à tona, uma vez que, após a Operação Carne Fraca, aumentamos o rigor nas apurações internas, fornecendo inclusive material de apoio à PF e ao MP. Temos total interesse em extirpar do corpo de funcionários do Mapa os servidores que mancham a imagem do órgão, não honram o compromisso de trabalhar pelo bem público e servir à sociedade", ressaltou Maggi, que está em missão na Arábia Saudita. Em nota, o ministro em exercício, Eumar Novacki, afirmou que os servidores em questão ficarão afastados por 60 dias e aqueles que possuem cargos em comissão foram exonerados de suas funções.