Chico Ferreira: Após depoimento a Moro, Lula ironiza e diz não ter visto provas de que tríplex era dele

Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Após depoimento a Moro, Lula ironiza e diz não ter visto provas de que tríplex era dele



Após depoimento a Moro, Lula ironiza e diz não ter visto provas de que tríplex era dele


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou na noite desta quarta-feira (10) depois do depoimento ao juiz federal Sérgio Moro em Curitiba. No pronunciamento feito em meio a um ato em seu favor, ele ironizou a audiência e disse que esperava provas mais contundentes que pudessem apontar que ele seria o proprietário do tríplex no Guarujá, objeto da ação pela qual ele respondeu nesta quarta. "Eu esperava que depois de dois anos de massacre eu chegasse lá e tivesse um documento dizendo: 'o Lula comprou o apartamento, a escritura está aqui registrada em cartório'. Nada. É perguntando se eu conheço o [João] Vaccari, se eu conheço o [Paulo] Okamoto. É claro que eu conheço", afirmou, em referência ao ex-tesoureiro do PT e ao presidente do Instituto Lula, respectivamente. O ex-presidente reforçou que vai comparecer "em quantas audiências forem necessárias". Ele ainda destacou que vem sendo perseguido nos últimos anos e fez críticas à imprensa. "Hoje eu disse no meu depoimento que só o Jornal Nacional nesses últimos 12 meses publicou 18 horas de matérias negativas contra o Lula", reclamou. Lula se emocionou no final do pronunciamento ao assegurar que não deixaria de falar a verdade. "Se eu dia eu tiver que mentir pra vocês eu prefiro que um ônibus me atropele em qualquer rua desse pais porque eu jamais poderia mentir para pessoas como vocês", disse. O discurso foi feito na praça Santos Andrade, com a presença de milhares de militantes do PT e representantes de movimentos sociais que foram a Curitiba acompanhar o depoimento de Lula a Moro. A audiência na sede da Justiça Federal de Curitiba teve duração de mais de cinco horas.