Chico Ferreira: Alvos Lula, Dilma e principais empresários do país

Pesquisar este blog

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Alvos Lula, Dilma e principais empresários do país


Palocci, que conhece segredos do capital, sugere delação

Blog do Kennedy
Em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, o ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci Filho fez clara sugestão de eventual delação premiada. Palocci foi muito poderoso nos governos Lula e Dilma e teve relações com os principais empresários do país.
Uma eventual delação dele poderia criar mais dificuldades para os ex-presidentes Lula e Dilma, para o PT e para antigos aliados políticos. Mas também poderia causar danos a grandes empresas, em especial ao sistema financeiro. O ex-ministro conhece os segredos do capital.
O Ministério Público Federal do Paraná e o juiz Sérgio Moro tinham a expectativa de que o depoimento de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, trouxesse provas e evidências contra o ex-presidente Lula. Pinheiro falou hoje perante Moro.
Somado à delação de Emílio Odebrecht, o depoimento de Pinheiro gera complicadores políticos e jurídicos para Lula, que rebateu as acusações.
Pinheiro e outros executivos da OAS também fazem negociação de delação premiada com a Procuradoria Geral da República em Brasília, onde há expectativa de que falem de propina na construção da nova sede administrativa de Minas, obra realizada no governo do tucano Aécio Neves. Assim como a Odebrecht, executivos da OAS tendem a fazer uma delação ampla em termos partidários.