Chico Ferreira: Pelo menos 50 investigados da Lava Jato sem foro privilegiado estão no STF

Pesquisar este blog


.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Pelo menos 50 investigados da Lava Jato sem foro privilegiado estão no STF


Pelo menos 50 investigados da Lava Jato sem foro privilegiado estão no STF
Sarney, Dilma e Lula estão entre os casos | Fotos: Divulgação / Montagem BN
No mínimo 50 nomes investigados na Lava Jato possuem foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal (STF) sem, necessariamente, ter direito a isso. Eles são alvos da operação que não ocupam cargo com essa prerrogativa de julgamento, mas têm seus casos conduzidos pela Corte por conta da ligação com autoridades envolvidas. Um exemplo disso é o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP). Os ministros da Segunda Turma do STF decidiram manter seu inquérito sob a justificativa de que a apuração contra o peemedebista inclui parlamentares detentores de foro especial. Os também ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) passam pela mesma situação. Os dois são alvos de um inquérito que engloba dois ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Marcelo Navarro Ribeiro Dantas e Francisco Falcão. De acordo com a publicação, a lista de investigados inclui também parentes de políticos, como o marido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), do ex-ministro Paulo Bernardo, da esposa do senador Fernando Collor (PTC-AL), de dois filhos do deputado Nelson Meurer (PP-PR), além de empresários suspeitos de atuar na lavagem de dinheiro para parlamentares e ex-congressistas investigados ao lado de políticos.