Chico Ferreira: Liderança do MST no Pará é morta a tiros em UTI de hospital

Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de março de 2017

Liderança do MST no Pará é morta a tiros em UTI de hospital

Liderança do MST no Pará é morta a tiros em UTI de hospital
Foto: Reprodução / Rede Liberal
Internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital no Pará, um militante do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) foi morto dentro da unidade médica na madrugada desta sexta-feira (20). Segundo informações do portal UOL, vigilantes do Hospital Geral de Parauapebas relataram ter sido rendidos por cinco homens armados e encapuzados por volta das 2h30. Três dos suspeitos entraram na unidade e foram até a UTI, matando Waldomiro Costa Pereira a tiros. Os outros dois membros da quadrilha ficaram na entrada do hospital. A ação durou cerca de três minutos e foi registrada pelas câmeras de segurança do hospital. Waldomiro estava internado desde o último sábado (18) após ter sido baleado em seu lote de terra, no Assentamento 17 de Abril, zona rural do município, por dois homens não identificados, que chegaram encapuzados, em uma moto.  A Polícia Civil do Pará informou que abriu inquérito para investigar o crime, mas nenhum suspeito de cometer a tentativa de homicídio e o assassinato foi preso. Integrante do MST desde 1996, Waldomiro era assessor do gabinete da Prefeitura do município e considerado um dos principais líderes do Movimento dos Sem Terra (MST) na região.