Chico Ferreira: PETROLINA: VEREADOR PODERÁ NÃO SER EMPOSSADO POR SER ACUSADO DE COMPRAR DE VOTO

Pesquisar este blog

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

PETROLINA: VEREADOR PODERÁ NÃO SER EMPOSSADO POR SER ACUSADO DE COMPRAR DE VOTO



 


compra-de-voto

A polêmica da compra de votos chegou também em Petrolina (sempre) , onde o Vereador Domingos de Cristália , pode perder o mandato  antes de ser diplomado. Ontem, o Blog @Língua, obteve conversa com  equipe de Advogados que disse ser possível o vereador nem ser diplomado, caso se comprove o “Dolo Eleitoral”.
Segundo a equipe de Jurídicos, Domingos, Pode sim, perder o direito de ser empossado. O caso já está na justiça, e  cabe uma série de recursos. Além disso, casos  como aconteceu com Domingos de Cristália, serão analisados com muita calma, mas com celeridade, e isso individualmente, explicou a equipe.  No Distrito de Izacolandia, o líder comunitário Júlio César Monteiro dos Santos , autor da denuncia da compra de votos contra o vereador eleito da comunidade Domingos de Cristália pela coligação (PSL/PPS),tem dito que tem recebido  ameaças do candidato contra sua pessoa e que essa atitude  tem sido uma constante.
A denúncia que foi apresentada na 144ª Zona Eleitoral de Petrolina, está protocolada ao Ministério Público, que tem em anexo um boletim de ocorrência que foi registrado na delegacia. Na denuncia reza que Domingos teria afirmado que, não estaria praticando crime eleitoral, no entanto  Júlio César, dentre outras revelações, acrescentou que tem várias testemunha que poderão confirmar que a houve crime e que muitas pessoas foram denegridas através das redes sociais ,como também pessoalmente pelo vereador eleito, e que todas essas provas serão anexadas ao processo.
Caso Domingos perca o mandato,  quem assume  a vaga na Casa Plinio Amorim é Alvorlande Cruz que é o primeiro suplente. As engenharias de Alvorlande já começaram, e  ele brigará até o fim pra que Domingos de Cristália perca os direitos eleitorais e nem diplomado seja. Aguardemos.
Por Cauby Fernandes