Chico Ferreira: EDITORIAL: NOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE SOBRADINHO

Pesquisar este blog

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

EDITORIAL: NOS BASTIDORES DA POLÍTICA DE SOBRADINHO

Depois  da  campanha  política e com a  reeleição  do  prefeito  Luiz  Vicente,  a  posição  sumiu.  Durante o  processo  eleitoral  nas  carreatas  e  nos  comícios  os  ataques  a  gestão  atual  era  imenso,  a  metralhadora  girava  para  todos  os  lados.  O  coordenador  da  campanha  do PT, Evaristo Nascimento  afirmava  categoricamente  que  Luiz  Vicente  estava  impossibilitado  de  sair  candidato.  A coordenação  da  posição  entrou  com  uma  representação  em  Casa  Nova,  e a  justiça  deu  ganho  de  causa  a  Vicente,  apelaram  para  Salvador,  Vicente  ganhou  pelo  placar  de  6x0.  Com  esse  resultado  tudo  indica  que a oposição  já  jogou  a  toalha. A  câmara  de  vereadores  teve  uma  renovação  mais  de  50%,  os  vereadores  da  oposição  a  maioria  não  se  reelegeu,  a  exemplo  de  Manoel Messias,  Canindé,  Nino  não  disputou  a  reeleição,  e  Adilson  Ribeiro  o  crítico  ferrenho  do  prefeito  Luiz  Vicente  ficou  de  fora,  o  povo  não  renovou  o  seu  mandato. A oposição  só  consegui  eleger  o  Irmão  Louro (PRB) e  também  Batata  que  foi  reeleito,  puxado  pelo rabo  da  gata. No  que  diz  respeito  a  câmara  de  vereadores  a  mesa  diretora  está  sendo  a  pior  de  todos  os  tempos,  segundo  informações  da  própria  população. Novos  vereadores  tomarão  posse  a  partir  do  dia  primeiro  de  janeiro,  e  vão  ajudar  a  eleger  o  futuro  presidente  da  câmara. Até  as  cenas  dos  próximos  capítulos.