Chico Ferreira: Geddel: Planalto recebe notícia de prisão com apreensão

Pesquisar este blog


.

terça-feira, 4 de julho de 2017

Geddel: Planalto recebe notícia de prisão com apreensão


Ex-ministro é mais um do entorno do presidente Temer a ser preso. Ação da Polícia Federal causou irritação entre os palacianos.

 Tv Globo

O Palácio do Planalto recebeu a notícia da prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima com apreensão. 
Geddel é mais um do entorno do presidente Temer a ser preso. A ação da Polícia Federal causou irritação entre os palacianos. Líderes do PMDB correram para o gabinete do chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. O temor é saber quem será o próximo, mas, oficialmente, nada de comentários.
A notícia chega bem no momento em que Temer está debruçado em sua defesa. Temer se encontrou com o ministro do Planejamento, o líder do governo no Senado, o presidente da Câmara e outros aliados. São as contas do apoio para tentar barrar a denúncia contra ele na Câmara.
O presidente levou um susto, não imaginava que começaria a semana com tão poucos defensores explícitos no Congresso. Há um suspense sobre o que vem pela frente. Temer foi informado que ainda não tem maioria segura na Comissão de Constituição e Justiça. Isso está fazendo os palacianos correrem com distribuição de cargos e liberação de emendas, mas, na leitura de alguns aliados, isso pode já estar sendo tarde demais.
O presidente Michel Temer cancelou a viagem que faria à Colômbia, na semana que vem, para participar do Fórum Mundial de Produtores de Café, mas voltou atrás no cancelamento da participação da reunião do G20 na Alemanha nos dias 7 e 8.
Foi aconselhado a ir ao encontro pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que teme que a ausência do presidente mande um recado negativo aos investidores. Temer embarca na quinta-feira (6), mas antes disso deve entregar sua defesa na Câmara.