Chico Ferreira: Doria cobra saída de Aécio da presidência do PSDB

Pesquisar este blog


.

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Doria cobra saída de Aécio da presidência do PSDB


Blog da Andréia Sadi
O clima esquentou entre o prefeito de São Paulo, João Doria, e o senador Aécio Neves, ontem, na reunião do PSDB que discutiu o desembarque do partido do governo Temer. O partido adiou a decisão.
Doria foi incisivo e cobrou Aécio que deixasse em definitivo a presidência do PSDB. Atualmente, Aécio está licenciado da função e o cargo está ocupado interinamente pelo também senador Tasso Jereissati (CE).
Aécio disse respeitar a opinião de Doria e de outros colegas de partido, mas afirmou ter uma história dentro do PSDB.
No entanto, segundo alguns tucanos, Aécio já começou a dar sinais internamente de que pode concordar em antecipar as eleições do partido - previstas para o ano que vem.
Doria, na reunião, pediu a Tasso que marque a reunião da Executiva para renovar o comando do partido na primeira quinzena de agosto.
O prefeito, segundo relatos, quer renovar o partido e estabelecer uma espécie de "saída honrosa" para Aécio.

Procurada, a Prefeitura de São Paulo não respondeu.

A assessoria do senador Aécio Neves disse à reportagem que "não houve clima pesado" na reunião com Doria.

E que "eles inclusive saíram juntos do Palácio. Houve divergências entre os presentes, mas com cordialidade".