Chico Ferreira: Sob Suspeita: Jovem de Sobradinho pode ter fingido câncer e lançado campanha falsa na imprensa regional

Pesquisar este blog

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Sob Suspeita: Jovem de Sobradinho pode ter fingido câncer e lançado campanha falsa na imprensa regional


No dia 24 de Janeiro deste ano, Maria Cristina Pinheiro, 33 anos, procurou a produção do Portal Preto no Branco pedindo ajuda na divulgação de uma campanha em prol do seu suposto tratamento de câncer, que estaria sendo realizado no Hospital Aristides Maltez/ Liga Baiana contra o Câncer, em Salvador-BA.
Cristina Pinheiro mora em Sobradinho-BA e informou que estava enfrentando a doença pela terceira vez e apelava pela solidariedade das pessoas para poder custear exames, medicamentos, transporte e alimentação “Perdi pessoas amadas com essa doença e decidi não me entregar. Qualquer coisa que vier será muito bem recebida. Sou grata a todos que estão me ajudando. Deus está no comando e logo estarei em casa bem, cuidando dos meus filhos. Estou terminando a primeira etapa e preciso fazer uns exames. Por favor me ajudem. Preciso de recurso para antecipar os exames, pagar remédios, transporte e alimentação. Como não é a primeira vez, gastei tudo que tinha”, apelou para sensibilizar as pessoas.
Por ser uma pessoa bastante conhecida em Sobradinho, a campanha ganhou força nas redes sociais e na imprensa regional. Na cidade, também, foram realizados alguns eventos beneficentes, com o mote #SomosTodosCris.
Dias após a divulgação da campanha, o Preto No Branco recebeu diversas reclamações de moradores de Sobradinho e de pessoas que realizaram depósitos para ajudar Cristina Pinheiro, informando que se tratava de uma farsa e que ela não seria portadora de câncer.
Nossa produção entrou em contato com a Secretaria de Saúde do município, que através do programa TFD (Tratamento Fora do Domicílio), encaminhou a jovem para Salvador. O secretário da pasta afirmou que Cristina Pinheiro solicitou o TFD alegando necessitar de alguns exames que não eram feitos em Sobradinho, mas não apresentou toda a documentação exigida. Ficaram alguns documentos necessários para o encaminhamento pendentes. Sobre o laudo médico que atestasse a doença, o secretário disse que não poderia dar informação sobre laudos de pacientes, não deixando claro se havia ou não um laudo comprovando o câncer. O secretário disse ainda que ela começou a ser atendida pelo TFD, mas depois disse que faria os exames em rede particular. Cristina Pinheiro chegou a ficar alguns dias hospedada na Casa de Apoio que o município mantém em Salvador.
Em contato com o Hospital Aristides Maltez, na manhã de hoje (6), obtivemos a informação de que nos registros do hospital não consta internação de Cristina Pinheiro e que ela não está em nenhum tratamento oferecido pela instituição. A representante do hospital também afirmou que a jovem tem um cadastro no hospital do ano de 2010, quando ela esteve no Aristides Maltez para realizar  exames com proctologista. Este cadastro está inativo, já que desde 2010 ela não votou ao hospital. A representante da instituição de saúde também informou que no mês de janeiro/ 2017 ela passou pelo setor de Pronto Atendimento do hospital, mesmo sem prontuário. A pessoa que atendeu Cristina Pinheiro não teria percebido que o cadastro dela estava inativo, o que impediria o atendimento. A informante esclareceu também que para ela voltar a ser atendida no Aristides Maltez terá que passar por uma nova triagem, e se for diagnosticada com câncer, eles fazem um novo cadastro. A representante do Maltez disse não saber informar se em 2010 os exames de Cristina Pinheiro diagnosticaram o câncer e ainda enfatizou que o serviço prestado pelo hospital é totalmente gratuito.
No que tange a divulgação que fizemos da campanha lançada por Cristina Pinheiro, pedimos desculpas aos nossos leitores e reafirmamos o nosso compromisso em promover a solidariedade. No entanto, com este aprendizado, seremos mais rigorosos ainda quanto a seriedade das campanhas beneficentes que nos são enviadas. (Fonte: Jornal  Preto  no  Branco)