Chico Ferreira: Moreira Franco vira "novo síndico" do Planalto

Pesquisar este blog


.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Moreira Franco vira "novo síndico" do Planalto

Agora ministro da Secretaria-Geral da Presidência, o ex-secretário executivo do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) já tem causado 'ciumeira' nos corredores da sede do Poder Executivo


O Estado de S.Paulo - Carla Araujo e Tânia Monteiro

O agora ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, ainda não sabe qual sala irá ocupar dentro do Palácio do Planalto, mas sua personalidade descrita como “forte” já tem causado “ciumeira” nos corredores da sede do Poder Executivo, que terá “um novo síndico”.
O antes ministro todo poderoso da casa, Eliseu Padilha (Casa Civil), perdeu atribuições para Moreira, que agora comandará toda a administração do Palácio, incluindo a comunicação social do governo e o cerimonial. No mínimo, ambos terão que dividir os holofotes de “homens fortes de Temer”.
Caberá a Moreira, como destacou Temer no discurso de posse nesta sexta-feira, 3, “estruturar” a administração interna do Planalto. Justamente por isso, os atuais ocupantes dizem que “o novo síndico” poderá fazer o que quiser.
Delação. Com foro privilegiado, Moreira Franco, que foi citado na delação do ex-vice-presidente de relações institucionais da Odebrecht Cláudio Melo Filho, pelo menos por enquanto, fica “protegido” do juiz Sérgio Moro, que comanda os processos da Lava Jato na primeira instância. Segundo fontes do Planalto, Temer sabe do risco desta estratégia, mas como entende que “começou uma guerra” e que os vazamentos seletivos de informações atingirão o governo, o presidente reconheceu que precisava blindar Moreira.