Chico Ferreira: Justiça bloqueia R$ 4,7 milhões de contas de Adriana Ancelmo, ex-primeira dama do Rio

Pesquisar este blog

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Justiça bloqueia R$ 4,7 milhões de contas de Adriana Ancelmo, ex-primeira dama do Rio


Justiça bloqueia R$ 4,7 milhões de contas de Adriana Ancelmo, ex-primeira dama do Rio
Foto: Reprodução / Blog do Garotinho
O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, ordenou o bloqueio de R$ 4,76 milhões de contas da esposa do ex-governador do estado Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo. De acordo com a coluna Lauro Jardim, do jornal O Globo, um total de R$ 4 milhões foram encontrados em contas pessoais dela e outros R$ 760 mil estavam depositados na conta do escritório de advocacia dela. Nesta sexta-feira (10), Adriana se tornou ré no âmbito da Operação Eficiência, um desdobramento da Operação Lava Jato. No mesmo processo, o empresário Eike Batista e Cabral também viraram réus. O juiz Marcelo Bretas aceitou uma denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contras eles e outras seis pessoas suspeitas de integrarem uma organização criminosa.