Chico Ferreira: “É injustiça e vou provar minha inocência”, diz Luiza Maia sobre decisão do juiz de Camaçari

Pesquisar este blog

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

“É injustiça e vou provar minha inocência”, diz Luiza Maia sobre decisão do juiz de Camaçari




A deputada Luiza Maia (PT) recebeu com surpresa as decisões do juiz de primeira instância, Cezar Augusto, titular da 1ª Vara de Fazenda Pública de Camaçari, que decretou a suspensão dos direitos políticos da parlamentar. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (07), ela explicou que a decisão não tem efeito imediato e cabe recurso.


“Fui pega de surpresa com a sentença do juiz, já que o próprio Ministério Público, que havia entrado com a ação à época, ao final do processo se pronunciou pela improcedência da ação, por falta de provas. A decisão, contudo, não tem efeito imediato e entraremos com recurso. Trata-se de uma grande injustiça, e eu vou provar no Tribunal a minha inocência”, declarou a deputada.

As duas ações por improbidade administrativa foram impetradas quando Luiza Maia presidiu a Câmara Municipal de Camaçari. “Nos meus dois mandatos devolvi R$ 15 milhões aos cofres públicos, por entender que dinheiro público precisa ser usado com qualidade. Não iria sujar minha trajetória política por R$ 4 mil, conforme a ação. À época, tomei todas as providências legais cabíveis”, ressaltou.