Chico Ferreira: Presa, prefeita passa o final de semana na PF

Pesquisar este blog

sábado, 3 de dezembro de 2016

Presa, prefeita passa o final de semana na PF





Dárcy Vera foi presa sob suspeita de corrupção, peculato e associação criminosa
Presa nesta sexta-feira (2) sob a suspeita de corrupção passiva, peculato e associação criminosa, a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), passará o fim de semana na superintendência da PF (Polícia Federal), em São Paulo. Dárcy foi detida por policiais em sua casa às 6h20 e levada à sede da PF na cidade. Ficou no local até as 10h e foi transferida para a capital.
Ela foi presa preventivamente na operação Mamãe Noel, segunda fase da Sevandija, que apura fraudes em contratos de licitações da prefeitura que somam R$ 203 milhões.
As prisões foram resultados de processos distintos. O mandado contra Dárcy foi expedido pelo TJ (Tribunal de Justiça), enquanto o que levou os outros três à prisão é oriundo da Justiça local.
A prefeita teve ainda os bens bloqueados e foi afastada do cargo, em cumprimento à decisão do desembargador Marcos Correa, da 6ª Câmara de Direito Criminal do TJ. A denúncia contra ela foi oferecida pela Procuradoria-Geral de Justiça.
Ela está numa cela de 9 metros quadrados, ocupada por uma cama, mesa, banco, pia e sanitário. Além de Dárcy, está na superintendência da PF a advogada Maria Zuely Alves Librandi, também presa na operação.
Os outros dois detidos nesta sexta, o advogado Sandro Rovani e o ex-secretário (Administração) Marco Antônio dos Santos, estão no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Ribeirão Preto.  (Folha de S.Paulo)