Chico Ferreira: Geddel: Maioria da Comissão de Ética pede apuração; votação é adiada para dezembro

Pesquisar este blog

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Geddel: Maioria da Comissão de Ética pede apuração; votação é adiada para dezembro


Geddel: Maioria da Comissão de Ética pede apuração; votação é adiada para dezembro
Foto: Valter Campanato / Agência Brasil
A Comissão de Ética da Presidência da República, presidida pelo baiano Mauro Menezes, aprovou nesta segunda-feira (21) a abertura de procedimento investigativo para apurar se o ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, violou a legislação sobre conflito de interesse. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, cinco dos sete membros decidiram pela instauração do inquérito, mas a votação, no entanto, foi suspensa após o conselheiro José Saraiva pedir vista para analisar o caso. A questão volta a ser apreciada no dia 14 de dezembro. Como a análise foi interrompida, o conselheiro Marcelo Figueiredo também evitou apresentar seu voto mas entendeu que a denúncia se refere a um caso de ética pública. Segundo ele "há materialidade para a abertura do processo em dispositivo expresso na lei de conflito de interesse sobre a interferência, mesmo que informal de autoridade em relação a interesse privado, ou de um terceiro, o que configura violação". Essa é uma previsão geral, não podemos dizer que aconteceu no caso em concreto, porque ainda não abrimos o processo", disse Figueiredo.